Resumo - as relações internacionais de ásia e áfrica

2812 palavras 12 páginas
As relações internacionais de Ásia e África

Paulo Fagundes Vizentini

A África (in)dependente/1945-98: Processos políticos, desenvolvimento e relações internacionais A maioria esmagadora dos países da áfrica obteve a independência há menos de quatro décadas. Esse breve período, contudo, foi marcado por um intenso processo histórico, com seus golpes de Estado, conflitos internos e externos, projetos políticos frustrados, bloqueio do desenvolvimento econômico-social e intensa intervenção das grandes potências. Na esteira do fracasso de vários modelos impostos a partir de fora, o chamado continente negro vai produzindo uma síntese rumo ao desenvolvimento.
Trata-se da retomada de uma evolução histórica local, distorcida pelo
…exibir mais conteúdo…

O terceiro componente de apoio à emancipação colonial foi a crescente mobilização e consciência anticolonialista dos povos dominados, um resultado do conflito, também reforçado pelo apoio da URSS e da China Popular através da propaganda política, ação diplomática e, em alguns casos, de ajuda material.
O movimento de descolonização ocorreu em três grandes ondas. A primeira delas ocorreu no início dos anos 50, sobretudo na Ásia Oriental e Meridional, onde se deu a luta contra o Japão e o maior enfraquecimento do colonialismo europeu.
No início da década de 50, o epicentro do processo descolonizatório deslocou -se largamente para o mundo árabe (Magreb-Machreck), onde o conteúdo dominante foi o nacionalismo árabe de perfil reformista (Egito, Iraque, Argélia), até a passagem dos anos 50 aos 60. A partir desse momento, a África Subsaariana tornou-se o centro de uma descolonização grandemente controlada pelos ex-metrópoles europeias, adquirindo fortes contornos neocolonialistas.
A descolonização seguiu quatro caminhos básicos: a) um acordo da metrópole coma elite local para uma independência gradativa (África tropical); b)a exploração de divergências internas como forma de controlar o processo (como na Índia e Paquistão);
c) luta fracassada contra guerrilha revolucionária (guerra franco-vietnamita e argelina);
d) apoio à facção conservadora durante

Relacionados

  • Geopolitica
    1994 palavras | 8 páginas
  • Migrações internacionais
    3695 palavras | 15 páginas
  • A globalização da pobreza: desigualdades sociais e novas migrações
    4439 palavras | 18 páginas
  • As migraçoes em Africa
    5980 palavras | 24 páginas
  • Praticas mercantilistas
    1427 palavras | 6 páginas
  • Migrações contemporâneas
    5235 palavras | 21 páginas
  • EUA e a nova desordem mundial
    4837 palavras | 20 páginas
  • Desenvolvimento Economico Tema 03
    4097 palavras | 17 páginas
  • Apostila de geopolítica
    18951 palavras | 76 páginas
  • Samuel huntington, o choque das civilizações e nova ordem mundial
    2693 palavras | 11 páginas