Resumo cronica - as mentiras que os homens contam

1450 palavras 6 páginas
INTRODUÇÃO
“Segundo dicionário de Língua portuguesa: s.f. Coletânea de fatos históricos, de narrações em ordem cronológica: a "Crônica de D. Fernando", de Fernão Lopes. Conjunto de notícias que circulam sobre pessoas: a crônica mundana.
Seção de um jornal em que são comentados os fatos, as notícias do dia: crônica política, teatral. Gênero literário que consiste na apreciação pessoal dos fatos da vida cotidiana.
Estatística. Conjunto de valores que uma variável toma em diferentes épocas sucessivas.”
Originalmente a crônica limitava-se a relatos verídicos e nobres; entretanto, grandes escritores a partir do séc. XIX passam a cultivá-la, refletindo, com argúcia e oportunismo, a vida social, a política, os costumes, o cotidiano etc. do seu
…exibir mais conteúdo…
Aos 14 anos produziu, com a irmã Clarissa e um primo, um jornal periódico com notícias da família, que era pendurado no banheiro de casa e se chamava "O Patentino". No período em que viveu em Washington, Verissimo desenvolveu sua paixão pelo jazz, tendo começado a estudar saxofone.
Cronologia de sua vida e obra:
1956 – Trabalhou no departamento de Arte da Editora Globo.
1962 - 1966 - Foi tradutor e redator no Rio de Janeiro, onde conheceu sua esposa Lúcia Helena Massa, sua companheira até hoje e mãe de seus três filhos (Fernanda, 1964; Mariana, 1967; e Pedro, 1970).
1967 - Volta a Porto Alegre e começa a trabalhar no Jornal Zero Hora a principio como copydesk e em 69’ conquista sua própria coluna diária no jornal;
1973 - Lançou seu primeiro livro “O popular” (coletânea de textos já veiculados na imprensa).
1975 - Torna-se nacionalmente conhecido com suas publicações semanais no Jornal do Brasil, publicou seu segundo livro de crônicas “A grande mulher nua” e começou a desenhar a série “As cobras” sua primeira publicação de cartuns.
1988 - sob encomenda da MPM Propaganda, escreveu seu primeiro romance, "O Jardim do Diabo".
1999 - Verissimo deixou de desenhar as tiras de "As Cobras" e mudou de editora, trocando a L&PM pela Objetiva, que passou a republicar toda a sua obra. Uma destas antologias, "As Mentiras que os Homens Contam" (2000), já vendeu mais de 350 mil exemplares. “O Escritor que mais vende no Brasil” (revista veja) suas publicações divide-se em contos,

Relacionados

  • A verdade sobre a Mentira [Resumo do livro]
    6785 palavras | 28 páginas
  • Resumo de homens ou fogo
    841 palavras | 4 páginas
  • 10 coisas que os homens gostariam que as mulheres soubessem
    2608 palavras | 11 páginas
  • Resumo - Discurso sobre a origem e a desigualdade entre os homens, Rousseau
    2260 palavras | 10 páginas
  • Resumo do livro- Homens Sábios
    2761 palavras | 12 páginas
  • Questões Se os tubarões fossem homens
    1202 palavras | 5 páginas
  • resenha a noite dissolve os homens
    857 palavras | 4 páginas
  • Resumo: o brasil que os europeus encontraram
    818 palavras | 4 páginas