Resumo da Introdução da obra Ensaio sobre a Liberdade de John Stuart Mill

1199 palavras 5 páginas
UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE
INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS E FILOSOFIA
CURSO DE GRADUAÇÃO EM SOCIOLOGIA
DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA POLÍTICA
POLÍTICA CLÁSSICA

Resumo da Introdução da obra “Sobre a Liberdade” – John Stuart Mill

O Ensaio “Sobre a Liberdade” não trata da liberdade do querer, oposta à doutrina “da necessidade filosófica”, mas da liberdade civil ou social; a natureza e os limites do poder que a sociedade legitimamente exerça sobre o indivíduo.

Em perspectiva histórica, particularmente na Grécia, em Roma e na Inglaterra, sobressai o debate dicotômico entre a Liberdade e a Autoridade, no passado travado entre os súditos ou classes de súditos e o governo. Liberdade significava a proteção contra a tirania dos governantes, os quais derivavam sua autoridade da herança ou da conquista, dissociada da vontade dos governados, e cuja supremacia era tomada como inconteste e necessária, conquanto perigosa para a comunidade.

Buscaram os patriotas, consequentemente, estabelecer limites ao poder exercido pelo governante sobre a comunidade, no sentido de delimitar a noção de liberdade; seja, primariamente, pelo reconhecimento de certas imunidades, conhecidas por liberdades ou direitos políticos; seja pelo estabelecimento de freios constitucionais fundados no consentimento da comunidade. Nessa fase os governantes da maioria dos países da Europa constituíam um poder independente, de interesses opostos aos governados.

O aprimoramento do segundo aspecto

Relacionados

  • John stuart mill - economista
    6275 palavras | 26 páginas
  • Filosofia - stuart mill e john locke
    1409 palavras | 6 páginas
  • Resenha da obra: três ensaios sobre a teoria da sexualidade. sigmund freud.
    2116 palavras | 9 páginas
  • Stuart mill
    3102 palavras | 13 páginas
  • Fichamento – resumo do Capítulo 5 da Obra Introdução à Economia, de N. Gregory Mankiw
    2144 palavras | 9 páginas
  • Resumo da obra de Foucault - O nascimento da Biopolítica
    1685 palavras | 7 páginas
  • Resumo Cap.I da Obra Ensaios de Antropologia e de Direito
    1706 palavras | 7 páginas
  • Ensaio sobre a Obra Pedagogia da Autonomia
    1156 palavras | 5 páginas
  • Immanuel Kant e John Stuart Mill
    855 palavras | 4 páginas