Resumo de "O mal-estar na civilização" de Freud

795 palavras 4 páginas
Autor: Francisco Valdizar da Costa Ferreira
2014

SUMÁRIO

INTRODUÇÃO 3
1 Resemo de “O Mal-Estar na Civilização” de Sigmund Freud 4
1.1 Capítulo I 4
1.2 Capítulo II 4
1.3 Capítulo III 4
1.4 Capítulo IV 5
1.5 Capítulo V 5
1.6 Capítulo VI 5
1.7 Capítulo VII 6
1.8 Capítulo VIII 6
REFERÊNCIAS 6

INTRODUÇÃO

Após a leitura da obra de Freud - "O Mal-Estar na Civilização", para uma melhor compreensão do tema será demonstrado um resumo por capítulos, do I ao VIII, determinando as ideias centrais e os argumentos que as sustentam.
A felicidade ou a não satisfação de desejos é o que Freud tenta evidenciar nessa obra.

1 Resemo de “O Mal-Estar na Civilização” de Sigmund Freud

1.1 Capítulo I
A ilusão coletiva que busca poder, sucesso e riqueza e não valoriza os verdadeiros heróis.
A religiosidade se baseia num "sentimento oceânico", algo interminável, infinito, sem fronteiras.
O ego, amor e objeto: Nosso Eu se estende para o interior denominado Id e se separa do mundo exterior; o amor promove o sentimento de prazer ao se juntar dois seres; o objeto pode ser associado a felicidade ou ao desprazer.
Nossas memórias são invariavelmente acrescentadas, mas continuamente mantidas.

1.2 Capítulo II
O homem procura a felicidade ou meramente o não desprazer.
Satisfazer o instinto faz o ego feliz. Caso

Relacionados

  • Fixação oral, alcoolismo e toxicomania: Uma perspectiva psicossexual
    5269 palavras | 22 páginas
  • SUPEREGO OU SUPEREU
    6314 palavras | 26 páginas
  • Resumo de Freud
    1128 palavras | 5 páginas
  • Resenha Crítica do livro Os Quatro Vínculos, de David E. Zimerman
    1967 palavras | 8 páginas
  • Filosofia
    919 palavras | 4 páginas
  • Biografia de freud , piaget, vigotsky
    3149 palavras | 13 páginas
  • A violência estrutural
    3550 palavras | 15 páginas
  • A história e a constituição da psicanálise: introdução aos principais conceitos freudianos para entender a subjetividade humana
    4999 palavras | 20 páginas
  • Resenha: Para que serve a psicanálise
    4057 palavras | 17 páginas