Resumo de gestalt terapia

3618 palavras 15 páginas
Resumo de Gestalt
A Gestalt-Terapia, também conhecida como Terapia Gestalt, é uma abordagem psicológica, e que possui uma visão de homem e de mundo pautadas na doutrina holística, na fenomenologia e no existencialismo.
Baseada no "aqui-e-agora", a Gestalt-Terapia tem como foco levar as pessoas a restaurar o contato consigo, com os outros e com o mundo. Por ser considerada uma abordagem Humanista, acredita na capacidade do ser humano em se auto -realizar e de desenvolver seu potencial.
Foi co -fundada pelos então conhecidos como o "grupo dos sete", tendo mais destaque entre eles Fritz Perls, Laura Perls e Paul Goodman dentre os anos de 1940 a 1950. Está relacionada com a psicologia da Gestalt, mas não é a mesma coisa.
Quando criada,
…exibir mais conteúdo…
Porém, não se pode reduzir os fenômenos somente ao que é percebido (ao campo perceptivo), pois deve-se levar em conta o todo sendo diferente da soma das partes. Ex: H2O. Sabemos que a fórmula da água é de duas partículas de Hidrogênio e uma de Oxigênio; no entanto não se consegue "fazer água" apenas juntando essas duas moléculas. Assim, "o todo é diferente da soma de suas partes"; influência também herdadas das psicologias de Kurt Lewin (teoria de campo) e Kurt Goldstein (teoria organísmica).
A principal queixa dos criadores da Gestalt, em relação, às psicoterapias tradicionais é o fato delas não compreenderem o ser como um todo. Quando se analisa um comportamento é preciso considerar o contexto, o que poderíamos chamar de espaço-tempo. Segundo GINGER: "uma parte num todo é algo bem diferente desta mesma parte isolada ou incluída num outro todo [...] num jogo um grito é diferente de um grito numa rua deserta [...]" (1995, p14).
A psicologia da Gestalt possibilitou a Perls estudar a hierarquia de necessidades. Ele dizia que uma Gestalt seria o processo de formação de uma necessidade em busca de sua satisfação. Então todo o organismo seria colocado a favor da Gestalt emergente (a figura que emerge de seu fundo). Um organismo sadio estaria atento ao surgimento de Gestalt e iria rumo a satisfação.
Um exemplo utilizado por Perls diz respeito a uma mãe com seu bebê recém-nascido, que em meio a uma multidão de sons, sono e cansaço (fundo),

Relacionados

  • Introdução gestalt terapia
    2938 palavras | 12 páginas
  • Relatório de Estágio em Gestalt-terapia infantil
    4528 palavras | 19 páginas
  • RESUMO DO TEXTO GESTALT-TERAPIA Frederick Perls, Ralph Hefferline e Paul Goodman
    1417 palavras | 6 páginas
  • Gestalt Terapia
    1836 palavras | 8 páginas
  • Liberdade ou desespero a escolha sob o olhar da gestalt-terapia
    4635 palavras | 19 páginas
  • Relatorio básico gestalt-terapia
    2340 palavras | 10 páginas
  • Conceitos basicos da gestalt-terapia
    1237 palavras | 5 páginas
  • GESTALT-TERAPIA: HISTÓRIA, INFLUÊNCIAS E ALGUNS DOS PRINCIPAIS CONCEITOS
    1205 palavras | 5 páginas
  • Compreendendo a busca pelo corpo ideal na visão da Gestalt-terapia
    8203 palavras | 33 páginas