Resumo do Capítulo “O Inconsciente” do Livro “Freud e o Inconsciente” de Luiz Alfredo Garcia-Roza

768 palavras 4 páginas
Resumo do Capítulo “O Inconsciente” do Livro “Freud e o Inconsciente” de Luiz Alfredo Garcia-Roza
O capítulo debate o conceito fundamental da psicanálise: o inconsciente.
O que é o inconsciente? O termo, quando utilizado antes de Freud, designava tudo aquilo que não era consciente, depois, com Freud, o inconsciente passava a designar um sistema psíquico distinto dos demais e dotado de atividade própria.
Freud não fala de uma consciência que não se mostra, fala de um sistema psíquico que se contrapõe a outro sistema psíquico que é em parte inconsciente, mas que não é o inconsciente, que está colocado no sétimo capítulo de seu livro A Interpretação dos Sonhos. Freud afirma neste capítulo que não há nada de arbitrário nos acontecimentos psíquicos, todos eles são determinados. O inconsciente tem uma estrutura, uma sintaxe, que Lacan diz ser a linguagem.
Em seu artigo O Inconsciente, Freud afirma que o caminho para o inconsciente deve ser procurado através de lacunas das manifestações conscientes, estas lacunas trazem para a investigação psicanalítica as formações do inconsciente: o sonho, o ato falho, o lapso, o chiste e os sintomas.
Com relação ao simbólico, afirma-se que este é uma condição necessária para a constituição do inconsciente e, evidentemente, do consciente. Inconsciente e consciente formam-se por efeito de um mesmo ato.
Freud delimita dois sistemas: o Inconsciente (Ics) e o Pré-consciente/Consciente (Pcs/Cs). Cada sistema tem uma estrutura própria, não

Relacionados

  • RESUMO O INCONSCIENTE DE FREUD
    924 palavras | 4 páginas
  • 1 A PSICANÁLISE COMO MÉTODO DE INVESTIGAÇÃO DO PSIQUISMO. A DESCOBERTA E A CONSTRUÇÃO DO CONCEITO INCONSCIENTE.
    1809 palavras | 8 páginas
  • Resenha do capítulo cultura e diversidade, do livro o que é cultura de josé luiz dos santos.
    464 palavras | 2 páginas
  • Breve resumo da origem do inconsciente segundo Freud
    1444 palavras | 6 páginas
  • O INCONSCIENTE EM FREUD
    2974 palavras | 12 páginas
  • O inconsciente segundo frued
    1843 palavras | 8 páginas
  • O Inconsciente
    8867 palavras | 36 páginas
  • Freud, o arqueólogo do inconsciente
    2824 palavras | 12 páginas
  • Resenha-algumas observações sobre o inconsciente-freud
    850 palavras | 4 páginas
  • Resumo do Capítulo 22 - Luzes e sombras. Freud e o advento da psicanálise
    905 palavras | 4 páginas