Resumo do caso clínico de Freud: O caso Dora

4378 palavras 18 páginas
CASO CLÍNICO- DORA O caso publicado por Freud em 1905, a saber, o caso Dora, trata-se de uma história clínica de uma jovem histérica, de apenas 18 anos que Freud atendeu por apenas três meses. Neste caso, Freud conseguiu romper as limitações impostas pelo sigilo médico, onde os aspectos sexuais são abordados de forma clara, o que para época causou certo impacto. Ele trás o sonho como fundamental no entendimento do caso, introduzindo uma equivalência entre os sonhos e os sintomas, pois há relação entre a maneira como são formados os sintomas e a maneira como são formados os sonhos, pois tanto os sonhos quanto os sintomas são do inconsciente. Tendo como objetivo demonstrar a estrutura íntima da doença neurótica e o determinismo …exibir mais conteúdo…
No inverno seguinte, após a morte de sua tia, ao qual tinha um grande apreço, adoeceu com um quadro febril que foi diagnosticado como apendicite. No outono seguinte, como a saúde do pai parecia justificar essa medida, a família deixou por vez a estação chamada de B, fixando residência permanente em Viena.
Como fruto de sua morada em B, contou o pai de Dora a Freud, que havia feito uma amizade íntima. A Sra. K. cuidou do pai em durante seu período enfermo, o que fez com a mesma tivesse sua eterna gratidão. O Sr. K. sempre foi extremamente agradável com Dora, e a levava para passear com ela no período que eles estavam em B. Ele dava pequenos presentes, mas ninguém via má intenção nesse ato. Dora tinha um ótimo relacionamento com os dois filhos dos K, e os tratava como se fossem seus próprios filhos. Quando o pai e Dora foram se consultar com Freud, dois anos antes, eles estavam prestes a viajar para ir ao encontro dos K, onde Dora iria passar várias semanas na casa deles. Quando seu pai se preparava para partir, Dora anunciou com estranheza que queria ir com ele, e foi. O comportamento estranho foi explicado só depois de alguns dias, onde Dora contou a sua mãe para que fosse transmitido ao pai, que o Sr. K. lhe fez uma proposta amorosa, durante uma caminhada depois de um passeio pelo lago. Sr. K negou tal afirmação de Dora e como informação vinda da Sra. K. já mostrava interesses sexuais como consequência de

Relacionados

  • Caso Clinico
    5307 palavras | 22 páginas
  • caso clinico
    2927 palavras | 12 páginas
  • Caso dora - freud
    1213 palavras | 5 páginas
  • Resumo do caso de ana o.
    2459 palavras | 10 páginas
  • Resumo Caso O homem dos Lobos
    1210 palavras | 5 páginas
  • Resumo Analítico : O Caso dos exploradores de cavernas
    1444 palavras | 6 páginas
  • Freud, Ida Bauer. Fragmentos de um caso de histeria - O caso Dora
    4139 palavras | 17 páginas
  • Resumo do caso Dora (Lacan)
    816 palavras | 4 páginas
  • O caso Dora
    5629 palavras | 23 páginas