Resumo do livro Territorio Plural

2171 palavras 9 páginas
O livro “Território Plural – A pesquisa em história da Educação” foi escrito por Ana Maria Galvão e Eliane Marta Lopes, duas professoras de História da Educação que foram incentivadas pela falta de livros que tratem deste assunto, de modo a preencher esta lacuna. O livro se divide em quatro capítulos que retratam o conteúdo da pesquisa em História da Educação sem compromisso com a ordem cronológica. O primeiro capítulo aborda o surgimento da disciplina, sobretudo no Brasil. O segundo capítulo trata de explorar os objetos desta disciplina, tais como personagens, cenários e tramas. No terceiro capítulo são abordadas as formas e fontes usadas pelos pesquisadores deste campo. Mais tarde, outro capítulo veio a ser adicionado ao livro, o quarto …exibir mais conteúdo…
A História e a Pedagogia estão intrinsecamente ligadas, uma vez que o estudo neste âmbito nos leva a compreender o presente e intervir no futuro através do estudo do passado, não cometendo os mesmo erros dos nossos antepassados e reafirmando aquilo que obteve sucesso. Essa análise muitas vezes é ariscada, pois julgamos posturas de outras épocas a partir de valores atuais, muitas vezes impregnadas de valores religiosos.
Outra característica importante que marca o campo de pesquisa da educação é a heterogeneidade do conteúdo, uma vez que é gerado a partir de pesquisadores com formações diversas, ainda que estes tenham profundo conhecimento das teorias e metodologias para criar um conteúdo com base na historiografia.
Nas últimas décadas duas fortes tendências vêm sendo aplicadas no campo de pesquisa da Historia da Educação: o Marxismo e a Nova História. O primeiro deles diz respeito à busca pelo entendimento do contexto para explicar as mudanças históricas na educação, e falha muitas vezes por tentar impor idéias que confirmem ou corroborem teorias pré-estabelecidas e descartando informações que possam parecer contraditórias àquilo que tinham como hipótese, e conseqüentemente como resultado da pesquisa. Esse ideal marxista defende uma historias linear, progressiva, sem retrocessos e sem particularidades que possam por em risco o conceito de causa e conseqüência. Os ideais da Nova História por sua vez, valorizam a pesquisa

Relacionados

  • Resumo do livro freakonomics
    1407 palavras | 6 páginas
  • resumo do livro construtivismo
    2474 palavras | 10 páginas
  • Resumo do livro helena
    1431 palavras | 6 páginas
  • Resumo do livro budapeste
    1346 palavras | 6 páginas
  • Resumo do livro 1808
    1294 palavras | 6 páginas
  • Resumo do livro luciola
    871 palavras | 4 páginas
  • Resenha do livro território e historia no brasil
    8528 palavras | 35 páginas
  • Resumos do livro A Cabana
    2088 palavras | 9 páginas