Resumo do livro de aristóteles

3257 palavras 13 páginas
UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAIBA – UEPB
CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS – CCSA
DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO E ECONOMIA – DAEC
CURSO: ADMINISTRAÇÃO
DISCIPLINA: ÉTICA E POLITICA

RESUMO DO LIVRO: ÉTICA A NICÔMACO

Admite-se geralmente que toda arte e toda investigação, assim como toda ação e toda escolha, teem em mira um bem qualquer; e por isso foi dito, com muito acerto, que o bem é aquilo a que todas as coisas tendem. Mas observa-se entre os fins uma certa diferença: alguns são atividades, outros são produtos distintos das atividades que os produzem. Onde existem fins distintos das ações, são eles por natureza mais excelentes do que estas.
Como são muitas as ações, artes e ciências, muitos são também os seus fins: o fim da arte médica é a saúde, o da construção naval é um navio, o da estratégia é a vitória e o da economia é a riqueza. Mas quando tais artes se subordinam a uma única faculdade em todas elas os fins das artes fundamentais devem ser preferidos a todos os fins subordinados, porque estes últimos são procurados a bem dos primeiros. Não faz diferença que os fins das ações sejam às próprias atividades ou algo distinto destas, como ocorre com as ciências acima citadas.
Se, para as coisas que fazemos existe um fim que desejamos por ele mesmo e tudo o mais é desejado no interesse desse fim; e se é verdade que nem toda coisa desejamos com vistas em outra, evidentemente tal fim será o bem, ou antes, o sumo bem.
A primeira pergunta é sobre o que é o bom

Relacionados

  • Resumo do livro a política de aristóteles
    1760 palavras | 8 páginas
  • Resumo do livro 1 da política de aristóteles
    1220 palavras | 5 páginas
  • Resumo - A tradição retórica
    460 palavras | 2 páginas
  • Análise crítica do filme 'o nome da rosa'
    1781 palavras | 8 páginas
  • Resumo crítico do livro a justiça: o que é fazer a coisa certa de michael sandel
    2216 palavras | 9 páginas
  • A metafísica de aristóteles
    1550 palavras | 7 páginas
  • Qual a contribuição de aristóteles ao estudo da administração ?
    1847 palavras | 8 páginas