Resumo do livro de levítico

1442 palavras 6 páginas
Seção A

O PENTATEUCO

3
Levítico

Título: Este livro chama-se Levítico pelo fato de ser um registro das leis referentes aos levitas (sacerdotes) e seu serviço.

Tema: No livro de Êxodo vimos Israel redimido; a redenção de um povo escravizado. Levítico diz-nos como um povo redimido pode aproximar-se de Deus por meio da adoração e como a comunhão assim estabelecida pode ser mantida. A mensagem de Levítico é: o acesso a Deus dá-se unicamente por meio do sangue e o acesso obtido exige a santidade do adorador. Grande parte da tipologia no livro refere-se à obra expiatória de Cristo e manifesta-se nas diferentes ofertas que ali se descrevem. Êxodo dá-nos o relato de um sacrifício único o qual redimiu Israel de uma vez para sempre e
…exibir mais conteúdo…
Mas pode-se ver que a Bíblia, ao descrever as enfermidades morais, não recorre à disseminação, nem à falsa modéstia, assim como não o faz um livro médico ao tratar das enfermidades físicas.

IV. Leis referentes às festas (caps. 23 e 24)

1. O sábado (23:1-3). Podemos considerar esse dia como o dia de festa semanal dos israelitas, no qual descansavam de todos os seus trabalhos e se reuniam para o culto. 2. A Páscoa e a festa dos pães asmos. Observe que havia duas festas numa só – a Páscoa (que celebra a passagem do anjo da morte sobre as casas dos israelitas), com a duração de um dia; e a festa dos pães asmos (comemorativa da partida do Egito), que durava sete dias. 3. Pouco depois dessa última festa, celebrava-se a das primícias, quando um feixe de colheita das primícias era levado perante o Senhor, representando a ressurreição de Cristo (1Co. 15:20) 4. Cinquenta dias depois das primícias, realizava-se a festa de Pentecoste – que significa “cinquenta”. No quinquagésimo dia, dois pães movidos, com fermento (23:17) eram oferecidos ao Senhor. 5. A festa das trombetas (23:23-25). “O Dia do Ano Novo”. Veja as seguintes referências e verifique o significado típico desta festa: Is. 17:13; 1Co. 15:52; Mt. 24:31; Ap. 11:15. 6. O Dia da Expiação (23:27-32) (v. tb. Lv. 16 e Hb. 9:6-12). Era mais jejum do que festa. Nesse dia, o sacerdote

Relacionados

  • A música no antigo testamento
    974 palavras | 4 páginas
  • Alimentação na cultura adventista
    7277 palavras | 30 páginas
  • Resumo do livro de hebreus
    3630 palavras | 15 páginas
  • Judaismo - resumo
    1351 palavras | 6 páginas
  • PROFETAS MAIORES
    2199 palavras | 9 páginas
  • Resumo Panorama do Antigo Testamento - História, Contexto, Teologia
    10104 palavras | 41 páginas
  • Trabalho de bibliologia - Dificuldades no estudo da cronologia Bíblica
    1646 palavras | 7 páginas
  • A diferença entre louvor e adoração
    2878 palavras | 12 páginas
  • MEB Métodos de Estudo Biblico
    2800 palavras | 12 páginas
  • JESUS CRISTO NO VELHO TESTAMENTO
    8406 palavras | 34 páginas