Resumo do livro iniciação a estética- 1º capitulo

812 palavras 4 páginas
Resumo do Livro Iniciação a Estética – 1º Capítulo NATUREZA E OBJETO DA ESTÉTICA 1 – A Estética como Filosofia do Belo ou da Arte Tradicionalmente e sobre tudo nas épocas “clássicas”, a estética era definida como a “Filosofia do Belo”, e o belo era uma propriedade do objeto, propriedade que, no objeto e como modo de ser, era captado e estudado. O belo da Arte começa a ser considerado superior ao belo da Natureza a partir do idealismo germânico. Na verdade é Hegel quem formula a ideia de que a Beleza artística tem mais dignidade do que a da Natureza, porque enquanto esta é nascida uma vez, a da Arte é como que nascida duas vezes do Espírito: razão pela qual a Estética deve ser, fundamentalmente, segundo ele, uma filosofia …exibir mais conteúdo…
A Estética deve definir-se, segundo alguns teóricos, como a ciência do Estético. Mas esta definição por ser tautológica, não define nada”. (“Estética”, tradução mexicana de “Vorlesungen uber Asthetik”, por Wencesiano Roces, México, Fondo de Cultura Econômica, 1952, pg. 14).

Como se pode ver por essas palavras, Kainz é inclinado a adotar o critério pós-Kantiano, mas chega à evidência de definir a

Relacionados

  • Cosmetologia e estética
    6916 palavras | 28 páginas
  • A importância da literatura no ensino médio
    6426 palavras | 26 páginas
  • AA LINGUISTICA
    4422 palavras | 18 páginas
  • chiquinho
    17195 palavras | 69 páginas
  • auxiliando o cliente na melhora da auto estima
    15784 palavras | 64 páginas
  • Gordura localizada
    15499 palavras | 62 páginas
  • Psicopedagogia
    11038 palavras | 45 páginas
  • Resumo do Parecer 11/2000
    9953 palavras | 40 páginas
  • Arte Contemporânea de Vik Muniz: Fotografia, Lixo e inclusão social
    8368 palavras | 34 páginas