Resumo do livro vigiar e punir - michel focault

1229 palavras 5 páginas
O livro de Michel Foucault é uma análise dos mecanismos teóricos e sociais que motivou várias das grandes mudanças que se produziram nos sistemas penais do ocidente durante a era moderna. Dedica-se ao detalhamento da vigilância e da punição, utilizadas em entidades estatais como hospitais, prisões e escolas. Direciona seu foco também para vários documentos históricos franceses, mas as questões sobre as quais se debruça não deixam de ser relevantes para as sociedades contemporâneas. É uma obra que teve grande influência em intelectuais, políticos, ativistas sociais e artistas.
No início do livro, o autor expõe um contraste entre duas formas de punição, o suplício público que era praticado no século XVIII e a programação diária prevista para internos de uma prisão do início do século XIX. Contrastando vividamente as vastas alterações sofridas em menos de um século nos sistemas penais ocidentais. Impulsionando-nos a interrogarmos sobre quais seriam as causas destas transformações tão radicais. Foucault sustenta a ideia de que o suplício era um tipo de espetáculo, que poderia ser denominado “teatro em praça pública”, que trazia consigo vários efeitos e funções, causando determinado impacto na sociedade.
O papel do suplício era principalmente refletir a violência do delito cometido sobre o corpo do condenado, fazendo com que servisse de exemplo para a população não cometer o mesmo delito, e também como um ato e vingança do soberano que indireta ou diretamente (no caso de

Relacionados

  • resumo vigiar e punir - Michel Foucault
    7168 palavras | 29 páginas
  • fichamento. vigiar e punir
    1936 palavras | 8 páginas
  • Vigiar e Punir
    1580 palavras | 7 páginas
  • Resenha: os corpos dóceis, em vigiar e punir, de michel foucault
    2167 palavras | 9 páginas
  • O que é trabalho "resumo do livro "
    942 palavras | 4 páginas
  • O corpo dos condenados - resumo cap. vigiar e punir de foucault
    648 palavras | 3 páginas
  • Resumo do artigo A DISCUSSÃO DA MAIORIDADE PENAL NO BRASIL À LUZ DO LIVRO “VIGIAR E PUNIR
    1293 palavras | 6 páginas
  • Trabalho vigiar e punir - michel focault
    875 palavras | 4 páginas