Resumo e conclusão cap. 1 - raizes do brasil

1380 palavras 6 páginas
RESUMO: CAP 01 – FRONTEIRAS DA EUROPA

A tentativa de implantação da cultura européia em território brasileiro dotado de condições naturais apresentou muitas conseqüências. O aspecto do nosso trabalho, bem como de nossa preguiça parece ser de outro clima e de outra paisagem.
As nações Ibéricas (Portugal e Espanha), juntamente com a Rússia e os países balcânicos foram territórios-ponte pelos quais a Europa se comunicou com outros mundos.
Foi a partir dos grandes descobrimentos marítimos que Portugal e Espanha entraram decididamente no coro europeu. Influenciando no surgimento de um tipo de sociedade semelhante à das nações Ibéricas; estas conseguiram desenvolver uma cultura da personalidade como traço decisivo na evolução da nação hispânica; pela importância particular atribuída ao valor da própria pessoa, sua autonomia em relação aos semelhantes.
Os privilégios hereditários jamais tiveram influência decisiva nos países ibéricos como ocorreu em terras onde imperou o feudalismo, o que se firmou foi o princípio das competições individuais.
A moleza da estrutura social, a falta de hierarquia organizada deveu-se a história das nações hispânicas, incluindo-se nelas Portugal e o Brasil. Os elementos anárquicos sempre se instalaram nestes países com facilidade, com a cumplicidade ou a preguiça, o desinteresse das instituições e costumes e as iniciativas mesmo sendo construtivas foram no sentido de separar os homens. Os decretos dos governos foram elaborados primeiramente

Relacionados

  • 1. Resumo do livro raizes do brasil de sergio buarque de holanda
    2955 palavras | 12 páginas
  • Resumo cap. 1 - kotler e keller
    280 palavras | 2 páginas
  • Resumo PMBOK - Cap 1, 2 e 5
    1769 palavras | 8 páginas
  • Resumo: Os Donos do Poder (Raymundo Faoro) – Cap.1
    1379 palavras | 6 páginas
  • Resumo raízes europeias e brasil cap.3
    1842 palavras | 8 páginas
  • Resumo do Cap 1 do livro Alegoria do Patrimonio
    419 palavras | 2 páginas