Resumo escolarização de jovens e adultos

2806 palavras 12 páginas
Escolarização de Jovens e Adultos
Introdução
O texto que segue aborda alguns dos processos sistemáticos e organizados de formação geral de pessoas jovens e adultas no Brasil, conferindo especial atenção à educação escolar.
O texto oferece uma rápida visão panorâmica do tema ao longo dos cinco séculos da história posteriores à chegada dos portugueses às terras brasileiras, mas detém o olhar sobretudo na segunda metade do século XX, em que o pensamento pedagógico e as políticas públicas de educação escolar de jovens e adultos adquiriram a identidade e feições próprias, a partir das quais é possível e necessário pensar seu desenvolvimento futuro.

Colônia e Império
A ação educativa junto a adolescentes e adultos no Brasil não é nova. Sabe-se que já no período colonial os religiosos exerciam sua ação educativa missionária em grande parte com adultos.
No campo dos direitos legais, a primeira Constituição brasileira, de 1824, firmou, sob forte influência européia, a garantia de uma “instrução primária e gratuita para todos os cidadãos”, portanto também para os adultos. A implantação de uma escola de qualidade para todos avançou lentamente ao longo da nossa história. É verdade, também, que tem sido interpretada como direito apenas para as crianças.
Essa distância entre o proclamado e o realizado foi agravada por outros fatores. O pouco que foi realizado deveu-se aos esforços de algumas Províncias, tanto no ensino de jovens e adultos como na educação das crianças e

Relacionados

  • Eja: sua história e sua importância na educação brasileira
    9912 palavras | 40 páginas
  • Dossi EJA Fev2015
    1557 palavras | 7 páginas
  • A IMPORTANCIA DA AVALIAÇÃO NA EJA NO CONTEXTO ENSINO APRENDIZAGEM
    4997 palavras | 20 páginas
  • Resumo do Parecer 11/2000
    9953 palavras | 40 páginas
  • Resumo de geografia - 10º ano - 1º período
    1429 palavras | 6 páginas
  • Mobral: as políticas públicas e as prática educacionais
    1760 palavras | 8 páginas
  • Evasão Escolar: Causas e Consequências
    4612 palavras | 19 páginas
  • CULTURAS ESCOLARES, CULTURAS DE INFÂNCIA E CULTURAS FAMILIARES: AS SOCIALIZAÇÕES E A ESCOLARIZAÇÃO NO ENTRETECER DESTAS CULTURAS
    9577 palavras | 39 páginas