Resumo livro: mentes perigosas

1019 palavras 5 páginas
MENTES PERIGOSAS: O Psicopata Mora ao Lado
Ana Beatriz Barbosa Silva

Trabalho solicitado para a disciplina de Psicopatologia II, do Curso de Psicologia da Universidade do Extremo Sul Catarinense, UNESC.

Professor: João Luis Brunel

CRICIÚMA, xxxxxxxxxxx

A autora através do livro procura criar uma maneira de alertar os cidadãos acerca do que são os psicopatas, como eles agem, qual seu perfil, etc., com a finalidade de reconhecê-los e proteger-se deles. No livro a autora faz uso de vários casos baseados em histórias reais relatadas por vítimas de psicopatas, e em casos tratados com destaques na mídia. Os exemplos citados mostram comportamentos dos mais diversos níveis de psicopatia, desde os mais leves até os moderados e severos.
Mas o que é um psicopata? Com base no livro conclui-se que, um psicopata é um indivíduo que apresenta anormalidade congênita da personalidade, principalmente na área afetiva. É uma pessoa que tem baixa consciência afetiva, ou até mesmo a ausência da consciência afetiva. Não é um criminoso por natureza, mas possui ausência de culpa mesmo após cometer um crime. A consciência é um atributo que transita entre a razão e a sensibilidade. Metaforicamente falando, a consciência está entre a "cabeça" e o "coração”.
A psicopatia é uma psicopatologia que descreve um padrão de comportamento antissocial. Os psicopatas têm total ciência dos seus atos, a parte cognitiva ou racional é perfeita, ou seja, sabem perfeitamente que estão infringindo regras

Relacionados

  • Pré Projeto - Psicopatas Homicidas e o Direito Penal
    1449 palavras | 6 páginas
  • Contribuições da poesia como metodologia de ensino
    16534 palavras | 67 páginas
  • Bullying
    4113 palavras | 17 páginas
  • Optativa Potugues
    1542 palavras | 7 páginas
  • Minha licão de anatomia e a dos outros
    1851 palavras | 8 páginas
  • professor,profissao perigo resenha critica
    2649 palavras | 11 páginas
  • Dom quixote
    2672 palavras | 11 páginas
  • Resumo do livro As Misérias do Processo Penal - Carnelutti ,Francesco.
    2026 palavras | 9 páginas
  • ergonomia
    1666 palavras | 7 páginas