Resumo semiologia respiratória

1901 palavras 8 páginas
AVALIAÇÃO CLÍNICA DO SISTEMA RESPIRATÓRIO (Resumo Mário Lopes)
Manifestações clínicas pulmonares:
• São divididas em primárias – se originam no próprio órgão( 7: tosse, expectoração, hemoptise, chieira torácica, dor torácica (manifestação pleural), dispneia e cianose. Traduzem acometimento de VA, pleura ou distúrbio funcional da ventilação ou trocas gasosas; e secundárias – associadas à pneumopatias, mas não são específicas e exclusivas das doenças pulmonares. Podem ser gerais ( processos inflamatórios, infecciosos, neoplásicos (febre, astenia, anorexia, emagrecimento.
• Manifestações mediastinais: ocorre por relação de contiguidade. Ex.: Síndrome da Veia Cava Superior.
• Manifestações extratorácicas: síndromes que acompanham doença
…exibir mais conteúdo…
Asma e hiperreatividade brônquica: sintomas são tosse, broncoespasmo, aperto no peito. Mas a tosse pode ser o único sintoma. Refluxo gastroesofágico: 1/3 distal é a área tussígena. Causa não é aspiração pulmonar (refluxo não atinge 1/3 proximal). É acompanhada por azia, regurgitação ácida com piora após ingestão de alimentos. Manifestações sugestivas: rouquidão pela manhã e tosse à noite ao deitar. Bronquite Crônica: causa: fumo (irritante). Mais intensa pela manhã, pelo acúmulo de secreção à noite. Bronquiectasia: tosse crônica produtiva, frequentemente associada a sangue ou pus. Mais intenso pela manhã. ICC esquerda: mais noturna. Causa: edema broncovascular. Infecções pulmonares: tosse produtiva de escarro purulento.

2- Expectoração: Não é normal!! As secreções removidas pelo aparelho mucociliar são deglutidas sem haver consciência do fenômeno. Defesa pulmonar: Mecânica (filtro das VA superiores, depuração mucociliar, reflexos de tosse e espirro); Fagocítica (macrófago alveolar, polimorfonuclear); Imunológica (humoral e celular). ESCARRO: deve conter secreção do trato inferior, senão não é considerado escarro!! Aspecto: seroso (VA superior, não presta pra exame), mucóide (translúcido como clara ovo, melhor para investigar CA pulmão, sem infecção bact, mas pode ter vírus, ex.: asma – muito viscoso – cola), mucopurulento + purulento (infecção piogênica, opaco e amarelado, alta viscosidade, pode ser esverdeada) , sanguíneo e em moldes

Relacionados

  • A utilização da ventilação mecânica não-invasiva (bipap®) aliada à fisioterapia respiratória no tratamento de atelectasia – um estudo de caso.
    2129 palavras | 9 páginas
  • Envelhecimento populacional brasileiro e o aprendizado de geriatria e gerontologia
    5807 palavras | 24 páginas
  • Sondagem vesical e nasogástrica na criança
    2516 palavras | 11 páginas
  • PERCEPÇÃO DO ENFERMEIRO SOBRE O ATENDIMENTO AO PACIENTE COM SUSPWITA DE INFARTO AGUDO DO MIOCÁRDIO
    2757 palavras | 12 páginas
  • Resumo de anamnese
    3725 palavras | 15 páginas
  • Fisioterapia respiratória no pós-operatório de cirurgias toracica e abdominal alta
    14223 palavras | 57 páginas
  • Fisioterapia na condropatia femoropatelar: relato de caso
    3390 palavras | 14 páginas
  • Sonda nasogastrica
    6598 palavras | 27 páginas
  • Exames complementares para diagnóstico da meningite em adolescentes
    5143 palavras | 21 páginas
  • ESTUDO DE CASO: PACIENTE COM ACIDENTE VASCULAR HEMORRÁGICO (AVCH)
    5921 palavras | 24 páginas