Resumo sobre a sociologia compreensiva de max weber

2554 palavras 11 páginas
Sobre algumas categorias da sociologia compreensiva

1. O sentido de uma “Sociologia Compreensiva”

- O decurso das conexões e das regularidades do comportamento humano pode ser interpretado pela compreensão.

- O entender de determinadas conexões deve ser controlado, na medida do possível, com os métodos usuais da imputação causal, antes que uma interpretação, mesmo que muito evidente, se transforme numa “explicação compreensiva” que seja válida.

- De maneira alguma é compreensiva apenas a ação racional com relação a fins: entendemos também o decurso típico dos afetos e as suas conseqüencias típicas.

-Temos que apreender o absolutamente “compreensível” e, ao mesmo tempo mais “mais simples”, na medida em que corresponde a um “tipo regular”.

-O comportamento que é interpretável racionalmente se apresenta como o “tipo ideal” mais apropriado: tanto a sociologia como a História fazem fazem interpretações de caráter pragmático a partir das conexões racionalmente compreensíveis de uma ação. Ex: Economia racional constrói o “homem economico”.

- O objeto específico não é tipos de “estado interno” ou comportamento externo mas sim a ação.

- Ação: comportamento compreensível em relação a “objetos” (comportamento especificado ou caracterizado por um sentido (subjetivo) “real” ou “mental”.

-O mundo exterior e a ação dos outros relacionam-se de maneira subjetivamente provida de sentido com as ações efetivas e estados mentais que tem importância sobre o decurso da

Relacionados