Resumo sobre abraham maslow

2690 palavras 11 páginas
ABRAHAM MASLOW: O PAI DA PSICOLOGIA HUMANISTA
Abraham Maslow nasceu em 1908, em Nova York, e faleceu em 1970.
Uma das principais contribuições de Maslow foram seus estudos sobre a autorrealização, “... uma força interna que direciona o desenvolvimento humano rumo a seu potencial mais elevado”.
Abraham Maslow desenvolveu sua teoria holística – dinâmica das motivações na década de 1950, com base nos estudos de diversos psicólogos, psicanalistas e filósofos.
A teoria que entre os estudantes de administração é conhecida como “Hierarquia das Necessidades de Maslow” parte do princípio de que o comportamento de um indivíduo em determinado momento é acionado a fim de buscar a satisfação de uma necessidade que, ainda que coexista com diversas
…exibir mais conteúdo…
Embora não sejam citados, em muitas obras, como representantes da escola Humanista, diversos psicólogos e pesquisadores contemporâneos de Maslow buscaram compreender as raízes de motivação durante as décadas de 1950 e 1960. Os principais estudiosos da motivação são aqui apresentados para que se compreenda o estado da arte do período; para que se perceba que Maslow desenvolvia suas pesquisas em um contexto e em um espírito de época favorável a este tipo de estudo e lado a lado com outros colegas interessados no tema. Um dos trabalhos, hoje ainda estudado, que obteve grande destaque quando de seu lançamento no final da década de 1950, foi a Teoria dos dois fatores, de Frederick Herzberg. O autor, então professor de psicologia, concentrou sua pesquisa na motivação para o trabalho. Partindo do princípio de que o trabalho pode ser ao mesmo tempo, fonte de satisfação ou de aborrecimento, o autor entrevistou cerca de 200 indivíduos e de 11 indústrias na área de Pittsburgh, pertencentes a dois dos mais importantes grupos de técnicos da indústria da época: engenheiros e contadores. Analisando os dados da pesquisa, o autor concluiu existir no homem duas categorias de necessidades independentes entre si, influenciando comportamento de diferentes formas. São elas: * Fatores higiênicos (relacionados ao ambiente): Quando não são presentes em níveis aceitáveis pelos empregados, geram aumento de insatisfação. No entanto, sua presença mesmo

Relacionados

  • Teoria e.r.c
    1204 palavras | 5 páginas
  • Vida e obra de mayo, mcgregor, maslow e herzberg
    6040 palavras | 25 páginas
  • Motivação - teorias x e y
    988 palavras | 4 páginas
  • Fatores desmotivacionais
    918 palavras | 4 páginas
  • O papel do gestor na qualidade de vida no trabalho
    3417 palavras | 14 páginas
  • Liderança e motivação em empresas familiares
    1533 palavras | 7 páginas
  • Resenha: os delírios de consumo de becky bloom
    948 palavras | 4 páginas
  • A importância da motivação como ferramenta de desenvolvimento organizacional
    2606 palavras | 11 páginas
  • Resumo TGA
    4319 palavras | 18 páginas
  • Motivacao como diferencial competitivo no magazine luiza
    6069 palavras | 25 páginas