Resumo sobre o período cosmológico e as escolas filosóficas jônica, pitagórica e eleática

1414 palavras 6 páginas
RESUMO SOBRE O PERÍODO COSMOLÓGICO E AS ESCOLAS FILOSÓFICAS JÔNICA, PITAGÓRICA E ELEÁTICA

SÃO BERNARDO DO CAMPO
2010

RESUMO SOBRE O PERÍODO COSMOLÓGICO E AS ESCOLAS FILOSÓFICAS JÔNICA, PITAGÓRICA E ELEÁTICA

Resumo entregue à disciplina de Filosofia, 1° ano A, do Curso de Administração da Faculdade de São Bernardo do Campo, como parte da avaliação. Professora MS. Maria Immaculada.

SÃO BERNARDO DO CAMPO
2010
SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO ............................................................................................................... 1

2 RESUMO SOBRE O PERÍODO COSMOLÓGICO E AS ESCOLAS FILOSÓFICAS JÔNICA, PITAGÓRICA E ELEÁTICA .................................................. 2

3
…exibir mais conteúdo…
O Pitagorismo cria a origem do dualismo antológico e é precursora das idéias platônicas, querendo encontrar uma única substância real que dê origem a tudo que existe. É contrario ao materialismo dos físicos e seu espírito mítico fica impressionado de ver o firmamento, o céu.
A escola filosofica dos Eleátas, situada na ilha de Eléia, vê que naquela época a Filosofia não consegue explicar a origem do universo social; foi esta escola que realmente construiu uma visão mais ordenada do mundo e da realidade. Construíram uma Filosofia que justificaria ao nível político, as estruturas sociais daquele momento. Os eleátas procuram decifrar a origem da natureza e as leis que a regem. Sua preocupação é também cosmológica e, com suas respostas, acabam inaugurando o método idealista na Filosofia. Os eleátas, na sua concepção idealista, afirmam em suas pesquisas que a origem da natureza vem do chamado SER. Ou seja, qual a origem do ser? E vão oferecendo certas respostas. Os filósofos de destaque de Eléia são: Zenon de Eléia (séc. V a.C.), Xenófanes (576-480 a.C.), que por terem suas idéias muito complexas não serão citados seus pensamentos. Além destes filósofos, há ainda Parmênides (540-450 a.C.), o fundador de Eléia.
Parmênides afirma que o ser imóvel, imutável, eterno e infinito. Para ele as coisas não mudam, apenas aumentam em quantidade e repetem-se

Relacionados