Resumo: sobre os fundamentos dos direitos do homem - era dos direitos - noberto bobbio

550 palavras 3 páginas
RESUMO

BOBBIO, Norberto. Sobre os fundamentos dos direitos do homem, 15-24. In: A Era dos Direitos.Tradução Carlos Nelson Coutinho. Rio de Janeiro, 6ª. Reimpressão, Elservier 1992.1.

Os direitos humanos são coisas desejáveis - merecem ser perseguidos - porém ainda não houvereconhecimento de todos;
Os jusnaturalistas na sua tentativa de colocar determinados direitos acima da possibilidade de qualquer refutação criaram a ilusão de que existia um fundamento absoluto para o os direitos irresistíveis (direitos
“inatos” – direitos naturais). Esse fundamento seria derivado da natureza do homem; Kant reduziu os direitos irresistíveis a apenas um: a liberdade;
Há quatro problemas que compravam que os direitos não podem ter um fundamento absoluto:a) A maioria das definições de direitos do homem são tautológicas (expressam a mesma ideia de maneiras diferentes), tornando imprecisa a busca pelo fundamento absoluto; b) Os direitos humanos constituem uma classe variável (está em constante modificação devido a condições históricas). Assim não há direitos fundamentais por natureza direitos absolutos. O que é fundamental em uma época pode não ser em outra;c) A classe dos direitos do homem é heterogênea: A maioria dos direitos na Declaração possui muitos fundamentos. São bem poucos os direitos considerados fundamentais que não são suspensos em nenhuma circunstância, nem negados para determinada categoria de pessoas, temos como exemplo: o direito de não ser torturado e o direito de

Relacionados

  • Fundamentos do direito aeroespacial
    4484 palavras | 18 páginas
  • Sobre os Fundamentos dos Direitos do Homem
    2277 palavras | 10 páginas
  • Fundamentos do direito previdenciario
    5575 palavras | 23 páginas
  • Resenha - a era dos direitos: noberto bobbio
    1895 palavras | 8 páginas
  • Fundamentos do direito empresarial
    415 palavras | 2 páginas
  • Resumo direito do consumidor
    14136 palavras | 57 páginas
  • Resumo a era dos direitos
    16693 palavras | 67 páginas
  • Resenha do livro “locke e o direito natural” de noberto bobbio
    1333 palavras | 6 páginas
  • Resenha crítica – a era dos direitos de bobbio
    746 palavras | 4 páginas