Resumo - teoria geral da política, cap. 5 - norberto bobbio

817 palavras 4 páginas
UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA “JÚLIO DE MESQUITA FILHO”
FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS

DISCENTE: Matheus Antônio de Castro Marcelino RA: 4202712
DOCENTE: Profa. Dra. Regina Laisner
DISCIPLINA: Teoria Política
CURSO: Relações Internacionais – 2º ano (Noturno)

BOBBIO, N. Valores políticos. In: ______. Teoria geral da política: a filosofia política e as lições dos clássicos. Rio de Janeiro: Elsevier, 2000. Cap. 5, p. 269 – 319.

Norberto Bobbio (1909 – 2004) foi um importante filósofo político, historiador político e senador italiano. Lecionou Filosofia do Direito e Filosofia Política em universidades italianas durante mais de trinta anos.
No Cap. 5, Bobbio busca analisar a oposição “democracia x liberalismo”, que, segundo o autor, nada mais é que a oposição “igualdade x liberdade”. Além disso, procura definir os diversos conceitos relativos de liberdade, igualdade e justiça.
Durante o século XX, deu-se a democratização de regimes liberais, com o surgimento de direitos como o sufrágio universal, a previdência social e outros. Em muitos desses países, a democracia se constituiu apenas de uma formalidade. No entanto, depara-se agora com a questão da liberalização dos regimes democráticos. (p. 269 – 272) A partir dessa premissa, Bobbio analisa os três maiores argumentos marxistas contra o liberalismo. São eles: (1) as liberdades civis da doutrina liberal pretendem-se universais, mas são valores de classe, que devem desaparecer junto da classe em questão

Relacionados

  • SOBRE A LIBERDADE NA CORÉIA DO NORTE: LIBERALISMO E MARXISMO
    6402 palavras | 26 páginas
  • Modelo e normas de manografia fai
    10247 palavras | 41 páginas