Revolucao industrial alema

1101 palavras 5 páginas
1 Introdução O presente trabalho apresentado a disciplina de Historia Econômica Geral, ministrado pelo professor Alexandre Mendes Cunha, possui como tema a retardatária Revolução Industrial Alemã. Abordaremos esse assunto através de três tópicos centrais: A conjuntura sócio econômica da Alemanha pré industrial; O processo de unificação alemã e a consolidação da indústria no país; e As consequências históricas da industrialização na Alemanha. Como estudantes do primeiro período de Ciências Econômicas, este estudo é de suma importância para compreendermos as diferentes linhas históricas dos processos industriais de diversos países . Acreditamos que esta compreensão é essencial para um melhor entendimento do mundo atual.

2 Desenvolvimento

2.1: A conjuntura sócio econômica da Alemanha pré industrial

Para compreendermos o processo industrial alemão é necessário primeiramente realizar uma reflexão sobre a formação deste Estado. Anterior a sua unificação, a Alemanha era um conjunto de estados economicamente atrasados que formavam um conglomerado politico na região central europeia. Segundo, Kemp (1976), a estagnação econômica sofrida pela região que viria a se tornar a Alemanha como consequência da Guerra dos Trinta Anos e principalmente das divisões politicas consagradas pela Paz de Westfalia em 1648 pode nos explicar a disparidade de desenvolvimento econômico existente entre a Alemanha(1) e as regiões vizinhas do oeste europeu. A respeito da estrutura social e

Relacionados

  • Revolução Industrial
    870 palavras | 4 páginas
  • Revolução Industrial
    1172 palavras | 5 páginas
  • A expansão da revolução industrial
    1130 palavras | 5 páginas
  • A segunda revolução industrial
    3236 palavras | 13 páginas
  • Revolução Industrial
    2595 palavras | 11 páginas
  • Revolução industrial
    821 palavras | 4 páginas
  • Revolução industrial
    2364 palavras | 10 páginas
  • Resenha de revolução industrial
    397 palavras | 2 páginas