Romanos 8;31-39

1721 palavras 7 páginas
Romanos 8: 31- 39

Nada pode nos separar do amor de Deus

“Que diremos, pois, a estas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós?

Aquele que nem mesmo a seu próprio Filho poupou, antes o entregou por todos nós, como nos não dará também com ele todas as coisas?

Quem intentará acusação contra os escolhidos de Deus? É Deus quem os justifica.

Quem é que condena? Pois é Cristo quem morreu, ou antes quem ressuscitou dentre os mortos, o qual está à direita de Deus, e também intercede por nós.

Quem nos separará do amor de Cristo? A tribulação, ou a angústia, ou a perseguição, ou a fome, ou a nudez, ou o perigo, ou a espada?

Como está escrito: Por amor de ti somos entregues à morte todo o dia; Somos reputados como ovelhas para o matadouro.

Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou.

Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir,

Nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor”.

Quer dizer que Deus nos prepara para vencermos as adversidades. Jesus disse “não penses que vim para trazer paz à terra, vim para trazer a espada” (Mt 10: 34). É como se ele dissesse “não vou conquistar por você, vou te dar a arma para você conquistar. Ele quer que participemos da obra, da conquista e dos milagres.

Aquele que não poupou o próprio filho. Consegue

Relacionados

  • Direito Romano
    3578 palavras | 15 páginas
  • Greco romano
    885 palavras | 4 páginas
  • Direito Romano e suas fases
    5832 palavras | 24 páginas
  • CPC 39
    851 palavras | 4 páginas
  • Império Romano
    4224 palavras | 17 páginas
  • Direito Romano Prova
    1158 palavras | 5 páginas
  • CPC 38, 39, 40
    2152 palavras | 9 páginas
  • dirito romano
    3175 palavras | 13 páginas
  • A influencia do direito romano
    3961 palavras | 16 páginas