Rosca do douglas

2277 palavras 10 páginas
Roscar: a “vocação” do torno

No mundo da mecânica, é inegável a importância das roscas: seja para fixar elementos (com parafusos e porcas), seja para transmitir movimentos (com eixos roscados). Neste livro, você já aprendeu que é possível abrir roscas manualmente com tarraxas (ou cossinetes) e com os machos de roscar. Nas peças de diâmetros maiores, o limite da força humana impede que esse método seja usado. Além disso, há sempre o problema da produtividade: para produções seriadas o ideal é usar máquinas. Se existe uma máquina que tem “vocação” para a construção de roscas, essa máquina é o torno. Nesta aula, você vai aprender como abrir roscas com o torno.

Métodos para abrir roscas O torno é uma máquina muito versátil. Desde que começamos a falar sobre ele, você vem ouvindo isso. Essa fama vem da grande gama de possibilidades de se realizar as mais diversas operações com ele. Isso quer dizer que, a partir de uma barra cilíndrica de metal em bruto, você pode obter os mais variados perfis apenas trocando as ferramentas. Com toda essa versatilidade, existe uma operação em que o torno é realmente “imbatível”: abrir roscas. Como você já estudou, basicamente, abrir roscas é filetar uma superfície externa de um

203

cilindro ou cone, ou o interior de um furo cilíndrico ou cônico. Com isso, você obtém parafusos, porcas, fusos de máquinas..... Existem vários métodos para abrir roscas no torno classificados de acordo com o tipo de ferramenta que se pode usar:


abrir

Relacionados

  • situação de aprendizagem
    952 palavras | 4 páginas
  • Analise Cinesiologica da Rosca Scott e Rosca Direta
    3957 palavras | 16 páginas
  • ANALISE CINESIOLOGICA E BIOMECÂNICA DO ESPACATE DA GINÁSTICA
    2506 palavras | 10 páginas
  • Memorial de Cálculo de Rede de Chuveiros Automáticos
    2088 palavras | 9 páginas
  • Trabalho 1 Douglas Haupt Final
    2674 palavras | 11 páginas
  • TCC JOMINY
    7680 palavras | 31 páginas
  • USP aero
    13927 palavras | 56 páginas
  • Estudo comparativo sobre a corrosão de aço carbono, alumínio, cobre e magnésio
    5183 palavras | 21 páginas