Ruidos em sala de aula

1497 palavras 6 páginas
2 INTRODUÇÃO

A poluição sonora consiste na emissão de barulhos, ruídos e sons em limites perturbadores da comodidade auditiva.
As fontes artificiais de emissão de ruído são geralmente as causadoras de poluição sonora, como ocorre com as emanações provindas das atividades humanas, nas aglomerações urbanas, porque é pela intensidade e ininterrupção do barulho que o ouvido humano é molestado.
A poluição sonora ocorre quando, além de intenso o ruído, é ele também ininterrupto, constantes, frequentes, com o que o ouvido humano nunca se acostumará, ao contrário do que julga o leigo.
O ruído intenso e ininterrupto causa tensão nervosa que, longo prazo, pode ocasionar de surdez até os mais graves distúrbios neuropsíquicos, sem contar os
…exibir mais conteúdo…
Apesar das leis e das políticas públicas para controlar o problema e dos alertas feitos por especialistas, a poluição sonora ainda não sensibiliza tanto como a do ar ou a da água.
Muitas classes, no entanto, atingem os 75 decibéis, principalmente as que têm mais de 25 estudantes. O som do pátio na hora do intervalo pode chegar a 70 decibéis, causando diversos males ao organismo. Ruído alto libera adrenalina “Orelha não tem pálpebra”, enquanto outros órgãos do sentido descansam durante o sono, os ouvidos se mantêm em estado de alerta, a audição funciona como um alarme, e isso tem explicação antropológica: quando o homem vivia em cavernas, ficava atento para ouvir quando um animal se aproximava. Ao perceber o perigo, seu cérebro produzia quantidade extra de adrenalina, deixando o corpo preparado para o combate ou para a fuga. O barulho sempre foi associado a circunstâncias que causam temor. Hoje o homem não precisa mais se defender de predadores, mas seu sistema de defesa continua o mesmo: sempre que ouve um ruído alto, o nível de adrenalina aumenta, fazendo subir a pressão arterial e gerando estresse instantâneo. Barulho causa doenças; a longo prazo, o ruído excessivo pode causar gastrite, insônia, aumento do nível de colesterol, distúrbios psíquicos e perda da audição. Provoca ainda irritabilidade, ansiedade, excitação, desconforto, medo e tensão.
Na sala de aula, o professor faz tamanho esforço para ser ouvido que acaba

Relacionados

  • Ruidos
    949 palavras | 4 páginas
  • Mapa de Risco- Relatório
    10124 palavras | 41 páginas
  •  Leia atirinha
    1498 palavras | 6 páginas
  • Ppra- escola
    2391 palavras | 10 páginas
  • Abnt - Nbr 10152 - Níveis de Ruído para Conforto Acústico
    906 palavras | 4 páginas
  • Nível de ruído para conforto acústico
    839 palavras | 4 páginas
  • PROPOSTA COMERCIAL PRR ERGONOMIA
    2720 palavras | 11 páginas
  • trabalho sms
    1344 palavras | 6 páginas
  • Raymond murray schafer
    5263 palavras | 22 páginas