Semiótica da arte da arquitetura

319 palavras 2 páginas
FACULDADE INTERAMERICANA DE PORTO VELHO
CURSO: ARQUITETURA E URBANISMO
DISCIPLINA: METODOLOGIA
DOCENTE: Prof. Me. HELENA ZORAIDE P. ALMADA
DISCENTE: CAINAN OGLIARI TAGLIANI
PIGNATARI,Décio. Semiótica da arte e da arquitetura. 3º.ed.Cotia, SP:Ateliê Editorial, 2004)
Resumido por : Cainan Ogliari Tagliani¹ O signo arquitetônico é icônico e as suas mensagens dependem de um código e de uma signagem. O signo arquitetônico não distingue entre representação e a coisa representada. “Ou seja,a palavra casa não se confunde com o objeto designado,a foto de uma casa também não.Já a casa,ela própria,é um signo de si mesma”(PIGNATARI,DÉCIO,2004) Na arquitetura o código arquitetônico serve como mensagem arquitetônica, principalmente quando é compreendida como mensagem de massa, endereçada ao público comum que são os receptores e interpretantes. O arquiteto é o criador da mensagem, na qual insere informações e traduções de outros códigos, que são códigos secundários. O público receptor tende a traduzir a mensagem arquitetônica em termos extracódigo, pois são leigos em certos aspectos em relação aos arquitetos. Mas exercem uma pressão hegemônica sobre a mensagem representada. “Ao contrário: isoladamente, ou em conjunto, exercem uma pressão hegemônica sobre o código arquitetônico, ou,melhor, sobre a mensagem arquitetônica que lhe é oferecida”(PIGNATARI,DÉCIO,2004) A mensagem do emissor recebe uma contramensagem, que influencia a emissão da próxima mensagem, quando a

Relacionados

  • Análise semiótica da música "como nossos pais"
    2775 palavras | 12 páginas
  • Analise semiotica da capa da revista veja
    1848 palavras | 8 páginas
  • A arquitetura da cidade
    1264 palavras | 6 páginas
  • Trabalho de conclusão da disciplina de história da arte e arquitetura brasileira
    3220 palavras | 13 páginas
  • historia da arte
    1674 palavras | 7 páginas
  • Semana da arte moderna
    1444 palavras | 6 páginas
  • Resumo história da arte
    2780 palavras | 12 páginas
  • resumo - a linguagem moderna da arquitetura
    2501 palavras | 10 páginas
  • História da arte
    2138 palavras | 9 páginas