Serviço social e a influencia neotomista (resenha)

308 palavras 2 páginas
A COMPREENSÃO DA PESSOA HUMANA NA
GÊNESE DO SERVIÇO SOCIAL NO BRASIL:
UMA INFLUÊNCIA NEOTOMISTA

Fonte: Serv. Soc. Rev., Londrina, v. 4, n. 1, jul./dez. 2001

O estudo tem como objetivo mostrar na área de Serviço Social a influencia Neotomista. A preocupação do Serviço Social era diminuir os efeitos devastadores do capitalismo, com o proposito de ter como centro o respeito à pessoa humana, segundo orientações neotomistas. A formação profissional do Assistente Social era orientada pela Igreja Católica, que teoriza o homem como ser composto, corpo e alma. O Assistente Social, assim como o catolicismo, recusa o comunismo e o liberalismo por partir, segundo eles, de ideias individualistas, totalitária, mas, Mancini descarta essa perspectiva, pois esta coloca o individuo em segundo plano. Estes profissionais tinham a influencia dos antigos modelos associativos das corporações medievais, criticavam a politica e a economia moderna. Diziam que o homem como ser humano dotado de inteligibilidade e liberdade podiam superar, se caso precário, sua condição tanto material quanto espiritual. O homem tem direitos naturais tais como moradia, saúde e liberdade e cabe ao assistente social proteger e defender tais direitos. Em sua gênese, estes profissionais tinham um projeto societário que tinham como objetivo reeducar os valores morais e a obediência aos princípios cristãos, mas esse trabalho deveria ser feito junto ao individuo e famílias, no qual ajudaria este a sair de um ambiente

Relacionados