Setor bancário: na vanguarda do desemprego tecnológico

2110 palavras 9 páginas
Setor Bancário:

Na vanguarda do desemprego tecnológico

Por LAURO A. MONTECLARO CESAR JR. (*)

Apesar das afirmações otimistas de que a redução de mão-de-obra, devido à automação industrial, seria largamente compensada pela criação de novos empregos em outras áreas, notadamente o setor de serviços, a realidade é bem diferente.
A automação nas industrias sempre foi causa de desemprego. Mas ao longo da primeira revolução industrial representada pela proliferação da exploração do carvão e da máquina a vapor, e da segunda, representada pelo uso em larga escala da eletricidade e dos motores de combustão interna, os empregos eliminados logo reapareceram em outras áreas, inclusive em novas indústrias.
O novo paradigma tecnológico, caracterizado pelo uso intensivo das novas tecnologias de informática e telecomunicações, foi imediatamente designado como “terceira revolução industrial” e as conseqüências deveriam ser as mesmas: Algum desemprego, inicialmente causado pelo aumento da produtividade e pelo despreparo dos próprios trabalhadores, seria logo superado. Surgiriam novas vagas, nas próprias empresas fabricantes de equipamentos de robótica, computadores, periféricos e software.
Além disso, dizia-se, o setor de serviços ira crescer enormemente, criando um número inédito de empregos, todos muito mais atraentes, com trabalho mais qualificado, mais criativo e principalmente, mais bem remunerado. A classe trabalhadora trocaria o velho macacão sujo de graxa pelos paletós e

Relacionados

  • Globalização e formação dos blocos econômicos
    2699 palavras | 11 páginas
  • Comunismo, captalismo e socialismo
    5502 palavras | 23 páginas
  • Analise do crescimento e desenvolvimento economico de angola apos a guerra civil
    10320 palavras | 42 páginas
  • Grandes autores economia politica
    10674 palavras | 43 páginas
  • Plano de negócios para escola de idiomas
    8375 palavras | 34 páginas
  • Os impactos da globalização na economia brasileira
    14970 palavras | 60 páginas
  • Relações comerciais entre brasil e china
    16692 palavras | 67 páginas