Sistema complemento

2522 palavras 11 páginas
INTRODUÇÃO

Jules Bordet foi o pesquisador que descobriu o “complemento”, como um componente termolábil do plasma normal (Fig.1) que aumenta a opsonização e a morte das bactérias pelos anticorpos (JANEWAY ET AL., 2007).

[pic]

Fig.1 Sistema termolábil com plasma sanguíneo, realizado por Jules Bordet.

Soro fresco com presença de anticorpos antibacterianos + bactérias (37oC) – lise das bactérias; soro aquecido a 56oC ou mais- perda de capacidade lítica. Bordet então concluiu que soro continha outro componente (termolábil) que complementava a lise das bactérias pelos anticorpos; supostamente era composto de aproximadamente 20 proteínas instáveis, que eram sensíveis ao aquecimento. Estas proteínas estão presentes
…exibir mais conteúdo…
Segundo Janeway et al. (2007) a sua ativação tanto pela via clássica como pela via alternativa leva à formação do complexo de ataque a membrana (MAC), que tem como objetivo a destruição das células, no final de todo o processo do complemento. A figura 5 mostra as duas vias de ativação da cascata do sistema complemento.
[pic]
Fig.5 Vias de ativação da cascata do SC aonde irá levar a morte do patógeno.

Janeway et al. (2007) complementa que a ativação da via clássica do complemento é iniciada pela ligação de C1q à porção Fc de uma imunoglobulina. Já a via alternativa é ativada na fase onde há pouca intensidade e onde existirá a presença de um ativador exógeno. Isso inicia uma cascata de eventos proteolíticos, resultando na formação de C5 convertase da via clássica e alternativa, onde irá clivar a molécula de C5 em C5b e C5a. O C5b liga-se, a C6, C7 e C8 para formar o complexo C5b-8. A ligação de C9 forma o C5b-9. Depois de formado, esse complexo liga-se à membrana das células-alvo e provoca a formação de "poros", que irão permitir um influxo de água e íons, e em seguida desses eventos acontece a lise celular.

3 VIA EFETORA DO COMPLEMENTO

Por sua vez, esta via irá formar um complexo de ataque à membrana, onde terá inicio a clivagem a partir da proteína C5 – a partir da C9 ocorrendo à polimerização das proteínas intactas na superfície celular, havendo a

Relacionados

  • O sistema complemento
    1402 palavras | 6 páginas
  • Sistema do complemento
    1334 palavras | 6 páginas
  • Artigo sobre Sistema Complemento - Imunologia
    2438 palavras | 10 páginas
  • Propriedades gerais das respostas imunes
    7607 palavras | 31 páginas
  • imunologia
    1180 palavras | 5 páginas
  • Estudo dirigido de imunologia
    799 palavras | 4 páginas
  • COMPARAÇÃO ENTRE CAIXILHOS DE ALUMÍNIO, MADEIRA E PVC
    1341 palavras | 6 páginas
  • Caso clínico Inflamação
    4936 palavras | 20 páginas
  • Glossário de imunologia
    2457 palavras | 10 páginas
  • Verbos intransitivos
    970 palavras | 4 páginas