Sobre Bion

1024 palavras 5 páginas
Wilfred Ruprecht Bion

- Bion nasceu em 1897 na Índia. Foi psiquiatra militar durante a segunda guerra mundial e ex-combatente da primeira guerra.
- Em 1932 inicia sua prática em psiquiatria e até meados de 1940 teve uma significativa experiência trabalhando com delinquentes.
- Em 1945, aos 48 anos, aluga um consultório e inicia sua formação psicanalítica e fez análise com Melanie Klein. Interessa-se, então, pelo tratamento em grupo, estruturando suas primeiras ideias.
- Bion estudou a personalidade psicótica a fundo e com isso escreveu uma série de trabalhos muito originais, apresentados em congressos e jornais de psicanálise. Seu fundamento estava colocado na relação entre o pensamento e a linguagem na psicose, junto com o tratamento analítico das mesmas. Até hoje sua teoria das psicoses tem um grande valor pra maioria dos psicanalistas que utilizam referencial Kleiniano.
- Em 1956 foi nomeado diretor da clínica de Londres de psicanálise.
- Em 1962 assumiu a presidência da Sociedade Britânica de Psicanálise (até 1965).
- Aos 71 anos, Bion transfere-se para Los Angeles e durante esse período teve maior contato com Brasil e Argentina. Em 1979, voltou para Inglaterra, onde morreu de leucemia aos 82 anos.
Obra de Bion
- Encontramos uma nomenclatura genuinamente pertencente a Bion, muito diferente dos outros psicanalistas. O objetivo desta era fazer que o leitor não caísse num erro comum: o de reduzir os conhecimentos novos aos anteriores, já seguramente

Relacionados

  • Bion, Bales, Freud e o Senhor das Moscas
    4481 palavras | 18 páginas
  • Psicanalise Kleiniana
    4195 palavras | 17 páginas
  • Os Vínculos do Amor e do Ódio
    5298 palavras | 22 páginas
  • Resenha Crítica do livro Os Quatro Vínculos, de David E. Zimerman
    1967 palavras | 8 páginas
  • Fichamento Dinamica de Grupos Kurt Lewin
    8310 palavras | 34 páginas
  • Os quatro vínculos
    995 palavras | 4 páginas
  • resumo de tecnica
    1071 palavras | 5 páginas
  • sigilo no grupo psicanalitico
    3259 palavras | 13 páginas