Sociedades coligadas

10184 palavras 41 páginas
INTRODUÇÃO

O objectivo deste trabalho é fazer uma descrição da realidade do sistema financeiro angolano dando maior enfoque aos bancos e aos seguros, pretendemos com o presente trabalho demonstrar a evolução do sector financeiro pós independência. Este objectivo foi cumprido fazendo uma análise aos principais indicadores do sistema financeiro, mais detalhadamente aos bancos, assim como também uma análise ao funcionamento do sector segurador. A metodologia usada para a pesquisa deste trabalho é qualitativa e quantitativa.
Para uma melhor abordagem do tema, o presente trabalho encontra-se constituído por um capítulo único, onde analisamos todos aspectos relacionados com o A noção e evolução do sistema financeiro, noção e evolução do sistema financeiro
Instituições financeiras, órgãos de regulação e supervisão e principais indicadores do sistema financeiro angolano para melhor explicar o seu funcionamento.

CAP. I – Sociedades Coligadas
1.1 – Origem e noção

Com o advento da revolução industrial surgiram os primeiros grandes empreendimentos industriais e, gradualmente, progrediu-se no sentido de concentrar capitais e meios. É daí que datam as primeiras sociedades comerciais, a que já oportunamente nos referimos. As sociedades – em particular as sociedades de capitais, com as sociedades anónimas à cabeça – geraram concentrações massivas de meios, atingindo dimensões comerciais não antes verificadas. Porém o fenómeno da concentração de capitais não se ficou por aqui.

Relacionados

  • A SOCIEDADE PALEOLÍTICA
    1219 palavras | 5 páginas
  • sociedade limitada
    2855 palavras | 12 páginas
  • Sociedade Societaria
    858 palavras | 4 páginas
  • Sociedades secretas
    5227 palavras | 21 páginas
  • Sociedades Tribais
    1509 palavras | 7 páginas
  • Sociedade tribal
    2577 palavras | 11 páginas
  • Sociedades Empresárias
    353 palavras | 2 páginas
  • Coligaçao de sociedades
    3497 palavras | 14 páginas
  • Sociedade Harappiana
    1412 palavras | 6 páginas