Sociologia do crime

3710 palavras 15 páginas
UNIVERSIDADE POTIGUAR - UnP
CURSO DE GRADUAÇÃO EM DIREITO
DISCIPLINA DE SOCIOLOGIA JURIDICA
DOCENTE: EDUARDO MEDEIROS

ANÁLISE DO LIVRO SOCIOLOGIA DO CRIME DE PHILLIPPE ROBERT, COM ÊNFASE NAS RELACÕES SOCIAIS E NOS OBJETOS DE ESTUDO DO CRIME.

Dayriane Cristina Felix Rios

Gabriela Carla de O. Brandão

Priscila Lucena V. Barroso

Mayara Nunes

2NA

Natal-RN
2008

DAYRIANE CRISTINA FELIX RIOS

GABRIELA CARLA DE O. BRANDÃO

PRISCILA LUCENA V. BARROSO

MAYARA NUNES

ANÁLISE DO LIVRO SOCIOLOGIA DO CRIME DE PHILLIPPE ROBERT, COM ÊNFASE NAS RELACÕES SOCIAIS E NOS OBJETOS DE ESTUDO DO CRIME.

Análise a
…exibir mais conteúdo…
Lemert elabora uma teoria sistemática do comportamento desviante baseada na reação social somente no início dos anos 50. Para ele o comportamento não - conforme não seria mais definido pelo ato desviante em si, nem por suas causas, mas pelas reações dos outros. Para os interacionistas, a moralidade de uma sociedade é socialmente construída; ela é relativa aos atores, ao contexto social e a um dado momento histórico. Se essa moralidade não nasce por si, é preciso que haja os “construtores”. Dessa maneira, a moralidade pode ser definida pelas pessoas cujas reivindicações são baseadas em seus próprios interesses, valores e visão de mundo. Considerando-se que o desvio é uma definição social, os interacionistas se preocupam com sua construção, com a forma que certos rótulos são colados em algumas pessoas, com as conseqüências que tal fato pode engendrar neles e nos que os rotularam assim. A expressão interacionismo social designa uma posição epistemológica geral, na qual podem ser reconhecidas diversas correntes da filosofia e das ciências humanas. Mesmo com a especificidade dos questionamentos disciplinares particulares e com variantes de ênfase teórica ou de orientação metodológica, essas correntes têm em comum o fato de aderir à tese de que as propriedades específicas das condutas humanas são um resultado histórico de socialização, possibilitado especialmente pela emergência e pelo desenvolvimento dos instrumentos semióticos. Tal

Relacionados

  • Classificação dos crimes
    5179 palavras | 21 páginas
  • Teoria do Atavismo (Criminoso Nato) e a Sociologia Criminal. “Meio Ambiente Familiar – A solução para prevenir o crime” – “Cidade de Deus”
    954 palavras | 4 páginas
  • Geografia do crime e globalização do crime
    1134 palavras | 5 páginas
  • CLASSIFICAÇÃO DOS CRIMES
    2358 palavras | 10 páginas
  • Crime e violência social (sociologia)
    2083 palavras | 9 páginas
  • SOCIOLOGIA DOI CRIME
    1722 palavras | 7 páginas
  • Imprescritibilidade dos crimes hediondos
    5015 palavras | 21 páginas
  • Crime e desvio (sociologia)
    810 palavras | 4 páginas