Sociologia, o estudo da sociedade

11482 palavras 46 páginas
Marília Freitas de Campos Tozoni-Reis

Professora Livre Docente do Departamento de Educação do Instituto de
Biociências da UNESP-Botucatu.

Resumo: O texto traz uma apresentação geral da Sociologia como ciência que se preocupa com a explicação da vida social que tem origem na modernidade, isto é, uma ciência que surgiu para explicar a vida social que se complexificou com a organização capitalista da sociedade. Em seguida, o texto aborda a importância de t rês pensadores clássicos da Sociologia: Marx, Durkheim e Weber. Podemos encontrar no texto as principais idéias de cada um desses três pensadores na explicação da vida social, culminando com a contribuição de cada um deles para a compreensão da função social da educação na
…exibir mais conteúdo…
Embora com diferenças em relação ao tamanho e as relações entre as diferentes pessoas, os feudos tinham características sociais – pela análise sociológica – comuns. De um lado, um senhor com sua família e seus empregados (domésticos e administrativos). De outro, os arrendatários das terras – os servos. Esses arrendatários eram os camponeses, os que trabalhavam a terra arável. A principal característica desse sistema residia no fato de a terra – sob domínio do senhor feudal – era trabalhada pelos camponeses. Eles trabalhavam em uma das metades dessa terra, da qual eram arrendatários, e na outra metade, para o senhor. E mais, o trabalho nas terras do senhor tinha prioridade sobre o trabalho nas terras arrendadas do senhor, portanto, o trabalho dos camponeses era árduo, intenso e garantia muito pouco para a sobrevivência desses camponeses e de suas famílias.
Tratava-se, então, de um sistema econômico fundamentado na servidão: a desigualdade entre servo e senhor era a base das relações sociais de produção no campo. Mas, existiam também diferentes graus nesta servidão. Alguns servos tinham privilégios, além de deveres e obrigações, mas se relacionavam com o senhor, sempre, neste sistema. O senhor tinha total poder sobre os servos, embora não fosse necessariamente o proprietário das terras, pois estas, muitas vezes, eram arrendadas de outros senhores,

Relacionados

  • Sociologia e o estudo da sociedade humana
    1300 palavras | 6 páginas
  • Estudos sociológicos, senso comum e senso crítico no avanço da sociedade, a importância da sociologia para a contabilidade.
    2421 palavras | 10 páginas
  • A sociologia no campo da administração
    2697 palavras | 11 páginas
  • A sociologia e “sociologia” do senso comum
    5139 palavras | 21 páginas
  • A sociologia e seu objeto de estudo
    2316 palavras | 10 páginas
  • Origens da Sociologia
    1290 palavras | 6 páginas
  • resumo do livro sociologia Geral Eva Maria Lakatos cap 1
    3157 palavras | 13 páginas
  • Sociologia do direito
    1409 palavras | 6 páginas
  • Fichamento da "abordagem sociológica do sistema jurídico"
    1533 palavras | 7 páginas
  • Sociologia clássica, Marx, Durkheim e Weber de Carlos Eduardo Sell
    1710 palavras | 7 páginas