Sofistas , Socrates e suas divergencias.

1232 palavras 5 páginas
Os Sofistas :
Eram professores , que viajavam e que por um preço determinado vendiam ensinamentos práticos de filosofia. Colocando em prioridade o interesse dos seus alunos, davam aulas de sagacidade , eloquência e agilidade mental .Todos os seus ensinamentos eram voltados a conhecimentos úteis para um sucesso de negócios , públicos ou privados .
No momento que a civilização grega vivia , favoreceu o desenvolvimento desse tipo de atividade praticada pelos sofistas. Era uma época de lutas políticas e intenso conflito de opiniões nas assembleias democráticas, por isso os cidadãos mais ambiciosos procuravam estes para ter a arte de argumentar em público e aprender assuntos novos e também aprender a manipular as assembleias . As lições
…exibir mais conteúdo…
Protágoras de Abdera :
Nascido em Abdera ( a mesma cidade natal de Demócrito ) , Protágoras ( c.480-410 a.C.) é considerado o primeiro e um dos mais importantes sofistas. Ensinou por muito tempo em Atenas , tendo como princípio básico de sua doutrina a ideia de que o homem é a medida de todas as coisas .
Essa frase chegou-nos isolada de seu contexto , tendo , por isso , várias interpretações. Buscando uma síntese

Relacionados

  • Pensamento político na antiguidade clássica
    1312 palavras | 6 páginas
  • Sócrates e os sofistas
    1428 palavras | 6 páginas
  • Conteúdo primeiro semestre filosofia (direito)
    2996 palavras | 12 páginas
  • Problemas éticos
    4266 palavras | 18 páginas
  • Educação e pedagogia
    2689 palavras | 11 páginas
  • filosofia
    1374 palavras | 6 páginas
  • Humanismo antigo
    2454 palavras | 10 páginas
  • Filosofia
    812 palavras | 4 páginas
  • A paideia de sócrates e platão e a realidade da educação atual no brasil
    16289 palavras | 66 páginas