Solos

1759 palavras 7 páginas
Regiões Fisiográficas do RS

Litoral
É a região entre as grandes lagoas e a costa atlântica. Sua área, segundo FORTES (1956), é de 14.905 km2. As principais cidades são: Torres, Santa Vitória do Palmar, Rio Grande, Tramandaí, Osório e São José do Norte.
A região litoral é de origem quaternária, ao longo da costa e das lagoas, até holocênica. São areias movidas e depositadas por água e ventos, que formam solos pobres até parcialmente salinos, pouco consolidados e permeáveis.
O relevo é plano a levemente ondulado e de baixa altitude (de 5 a 10 metros).
No litoral a vegetação é rala, rasteira, assumindo maior vulto para o interior, na zona das lagoas. Situam-se, também, além das lagoas, extensos prados que se prestam a criação.
Prevalecem duas famílias vegetais, segundo SANTINI (1976), as gramíneas na parte mais próxima da praia e as mirtáceas nas dunas quase que imobilizadas. Aparecem também as matas ciliares, como estreita faixa de vegetação arbustiva.
Depressão Central
Inclui uma faixa larga Leste-Oeste, na bacia do Jacuí e seus afluentes. Os principais municípios que a compõe são: Porto Alegre, Gravataí, Santa Maria, Guaíba, Taquari, Canoas, Cachoeira do Sul. Segundo FORTES (1956), sua área é de 31.778 km2. O relevo é levemente ondulado. As altitudes são inferiores a 100 metros, exceto nos tabuleiros, cuja altitude máxima está entre 250 e 300 metros.
O material de origem é bastante variado e relativamente pobre em nutrientes trocáveis. Ao longo dos

Relacionados

  • Solos
    813 palavras | 4 páginas
  • Solos
    465 palavras | 2 páginas
  • Solo
    1865 palavras | 8 páginas
  • O solo
    903 palavras | 4 páginas
  • Solos siltosos
    2534 palavras | 11 páginas
  • solos residuais
    1234 palavras | 5 páginas
  • cloro no solo
    2419 palavras | 10 páginas
  • Solo moles
    1831 palavras | 8 páginas
  • SOLOS CAMBISSOLO
    1371 palavras | 6 páginas