Surrealismo

2725 palavras 11 páginas
SURREALISMO NA PINTURA
Com o fim da Primeira Guerra Mundial, a Revolução Russa levando a classe operária ao poder pela primeira vez e ainda os valores tradicionais tão valorizados pelos europeus sendo questionados, a Europa entra em uma crise não só política, mas também social e ideológica, isso fez que no mundo artístico surgissem novas manifestações para tentar distanciar o mundo com mortes, guerras e batalhas que havia acabado a pouco tempo. E nesse ambiente totalmente fragilizado, surge um movimento que quer desestruturar e desestabilizar toda a ideia de cultura existente até então, propondo imagens bizarras com intuito de chocar e escandalizar a sociedade com a deformação intencional da realidade. O surrealismo foi
…exibir mais conteúdo…
Pode-se destacar a valorização da intervenção fantasiosa da realidade ressaltando o automatismo contra o domínio da consciência, as formas da realidade são completamente abandonadas e a exploração do inconsciente, do sonho, da loucura, aproximando-se de tudo que é antagônico à lógica. Porém, as esculturas, no limite entre a ironia e a perversão tentam abrir a imaginação do espectador para as múltiplas conclusões livre de condicionamentos. Um exemplo claro deste movimento foi a Exposição de Objetos Surrealistas em 1936. Nela se representaram as mais extravagantes combinações, alguns podiam ser interpretados pelo público facilmente, outros se mantinham dentro de um hermetismo simbólico poético, no melhor estilo das esculturas dadaístas.

SURREALISMO NA LITERATURA

A corrente literária do Surrealismo surgiu em Paris, na década de 1920, em meio aos movimentos vanguardistas e após a guerra. As ideias surrealistas englobaram antigos adeptos do Dadaísmo, e sofreu grande influência das teorias psicanalistas de Sigmund Freud. Esta vertente artística iria conferir os contornos definitivos à escola modernista.
Assim, o Surrealismo destaca mais que tudo o desempenho da esfera inconsciente no processo da criação. Uma de suas metas era gerar um movimento artístico ameaçado pelo avanço da razão.
O principal líder e mentor desse movimento foram André Breton, poeta e crítico francês, que praticamente fundou esta escola, batizada com um termo emprestado por Guillaume

Relacionados

  • O futurismo
    3834 palavras | 16 páginas
  • Do impressionismo ao surrealismo
    1906 palavras | 8 páginas
  • Pré projeto
    964 palavras | 4 páginas
  • Vanguardas em ação
    856 palavras | 4 páginas
  • Literatura
    1443 palavras | 6 páginas
  • ATIVIDADE 4 COMUNICACAO COMPARADA
    512 palavras | 3 páginas
  • ABNT Vanguardas Europeias
    1701 palavras | 7 páginas
  • A Semana da Arte Moderna de 1922 e as Vanguardas Artísticas Européias.
    6005 palavras | 25 páginas
  • O simbolismo surrealista no filme "Alice no País das Maravilhas" de Tim Burton
    2269 palavras | 10 páginas