TCC - Anatomia e Cinesiologia aplicadas a dança do ventre

6661 palavras 27 páginas
ANATOMIA E CINESIOLOGIA APLICADAS À DANÇA DO VENTRE

ANATOMY AND KINESIOLOGY APLPLIED TO BELLY DANCE
O ESTUDO DO MOVIMENTO HUMANO BASEADO NOS MOVIMENTOS BÁSICOS DE DANÇA DO VENTRE

Nome por extenso do autor: Gabriela Ferraz Vayanos1

Nome do responsável pela submissão: Hermínio Mendes Barreto Jr.2

Endereço: Rua Vergueiro, nº 1211, Paraíso, São Paulo - SP
CEP 01504-000.

Telefone do autor de correspondência: 98377-7847

E-mail do autor de correspondência: gv.personal@hotmail.com
Indicação da filiação institucional dos autores:

1. Curso de Educação Física, Campus Paraíso, Universidade Paulista.
2. Professor da disciplina de TCC do curso de Educação Física, Universidade Paulista.

Área específica do artigo: Educação
…exibir mais conteúdo…
A Dança do Ventre ou Raks El Sharq, que significa “Dança do Leste” conhecida como dança oriental, é uma antiga forma de expressão. Tão antiga quanto a própria história, passou por inúmeras transformações, que suas informações acabam sendo até contraditórias. Patrícia Bencardini destaca:
Nem tão sagrada, nem tão profana, a dança do ventre é hoje apenas uma técnica especialmente desenvolvida para o corpo feminino e que pode trazer inúmeros benefícios para suas praticantes. 3

La Regina4 relata que dança do ventre, traduzido para o português, defini um conjuntos de danças.
Para Martins5 a dança do ventre é a arte de dominar as partes do corpo separadamente ou em conjunto, transmitindo e expressando sentimentos em harmonia com a música oriental.
Já La Regina4 acredita que a dança do ventre carrega em si elementos de sensualidade, mas se, além disso, a bailarina expressar de forma exagerada mais sensualidade, a dança acaba se tornando vulgar. A dança do ventre é uma dança milenar e não erótica, ela mostra a mulher como ela é, na sua essência.
“A magia desta dança faz com que pratiquemos com dedicação e amor além de desenvolver energias contidas.” 5
Segundo Morató6, a dança do ventre é uma mistura de elementos religiosos e eróticos vindos dos cultos às deusas mães presentes nas primeiras culturas orientais, tendo seus diversos estilos marcados pelo caráter regional, incorporados pelos costumes sociais, crenças espirituais,

Relacionados