Telefonia fixa e móvel

6631 palavras 27 páginas
SUMÁRIO

1. INTRODUÇÃO 2
2. A INVENÇÃO DO TELEFONE 2
3. A EVOLUÇÃO DO TELEFONE 3
4. CENTRAL TELEFÔNICA 5
5. TIPOS DE CENTRAIS DE COMUTAÇÃO 9
5.1 CENTRAL ANALÓGICA 10
5.2 CENTRAL CROSSBAR 10
5.3 CENTRAL DIGITAL 11
5.4 CENTRAL ELETROMECÂNICA 11
5.5 CENTRAL LOCAL 11
5.6 CENTRAL TANDEM 11
5.7 CENTRAL TRÂNSITO OU CENTRAL DE TRÂNSITO 12
5.8 CENTRAL PRIVADA DE COMUTAÇÃO TELEFÔNICA 12
5.9 CENTRAL PÚBLICA 12
6. O SISTEMA AUTOMÁTICO STROWGER 12
7. SINALIZAÇÃO – CÓDIGO PADRÃO PARA A TELEFONIA FIXA 13
8. TEORIA DE TRÁFEGO 14
9. SISTEMA DE PERDAS 15
10. EVOLUÇÃO DA TELEFONIA ANALÓGICA PARA DIGITAL 16
11. CARACTERÍSTICAS DE INFORMAÇÕES TRANSMITIDAS 17
12. TEOREMA DA AMOSTRAGEM 17
13. CARACTERÍSTICAS DA TRANSMISSÃO DE SINAIS – ANALÓGICOS E DIGITAIS 18
14. MULTIPLEXAÇÃO 19
15. EVOLUÇÃO PARA A TELEFONIA IP 19
16. A REDE BRASILEIRA 20
17. PLANO DE NUMERAÇÃO BRASILEIRO 21
18. VANTAGENS E BENEFÍCIOS DO TELEFONE 21
19. COMO SERIA A NOSSA VIDA SE NÃO HOUVESSE TELEFONE? 22
CONCLUSÃO 23
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 24

1. INTRODUÇÃO

Esse trabalho apresenta a telefonia fixa como tema central para abordar o tema Código Padrão, utilizado como domínio público em produtos e serviços que beneficiam a sociedade como um todo. O telefone é um instrumento de uso tão intenso, freqüente e abrangente que muitas e chega a ser considerado como um produto no qual as características não têm grande importância. Geralmente as pessoas os compram pela sua funcionalidade,

Relacionados