Tempo e história: “como escrever a história da frança hoje?”

9721 palavras 39 páginas
TEMPO E HISTÓRIA: “COMO ESCREVER A HISTÓRIA DA FRANÇA HOJE?”*
François Hartog**

A fórmula de Chateaubriand no prefácio dos seus Études historiques, “A França deve recompor seus anais a fim de harmonizá-los com os progressos da inteligência”, poderia figurar como epígrafe do Lieux de mémoire [Lugares de Memória] de Pierre Nora. Não, evidentemente, que a situação fosse a mesma, mas para Chateaubriand depois de 1830 assim como para Nora no início dos anos oitenta, tratava-se de partir de um diagnóstico sobre o presente e averiguá-lo. Para reconstruir “sobre um novo patamar”, dizia Chateaubriand, é necessário perguntar, inicialmente, o que “recompor” quer dizer no caso de Nora: “Como escrever a história da França hoje”1?
*

Tradução de Ana Cláudia Fonseca Brefe. Artigo originalmente publicado na revista Annales ESC, 1995, no 6, pp. 1219 à 1236. Somos gratos ao autor por seus esclarecimentos relativos a esta tradução. Revisão de Cristina Meneguello. François Hartog é diretor de estudos na École des Hautes Études en Sciences Sociales, em Paris, e seus campos de pesquisa estão especialmente voltados para a historiografia e história intelectual, antiga e moderna. É autor, dentre outros, de Le XIX siécle et l’histoire:le cas Fustel de Coulanges, Premiers temps de la Grece - l’ Age de Bronze et l’epoque archaique, Miroir d’ Herodote- essai sur la presentation de l’ autre. Les Lieux de mémoire, III, Les France, I (1993). Paris, Gallimard, pp. 11-32. O presente artigo desenvolve

Relacionados

  • Historiografia
    1675 palavras | 7 páginas
  • um mundo sem linguagem escrita
    1709 palavras | 7 páginas
  • Resenha do livro Uma historia da leitura
    1066 palavras | 5 páginas
  • Analise sobre a historiografia da idade média
    1382 palavras | 6 páginas
  • Análise texto - a cidade - coulanges, fustel
    1396 palavras | 6 páginas
  • Resenha crítica do livro de marc bloch: apologia da história ou o ofício de historiador
    3066 palavras | 13 páginas
  • HISTORIA DA ESCRITA E SUAS IMPLICAÇÕES NOS DIAS ATUAIS
    4171 palavras | 17 páginas
  • Teatro renascentista
    2705 palavras | 11 páginas
  • Origens culturais da revolução francesa
    3456 palavras | 14 páginas