Teoria da imputação objetiva

3289 palavras 14 páginas
Teoria da Imputação Objetiva

07/ago/2003
Breve abordagem sobre a teoria da imputação objetiva de Roxin, que tem se difundido bastante em várias partes do mundo, recebendo de alguns, aplausos e, de outros, críticas ferrenhas, sob o argumento de que esta teoria nada inovou.
Veja artigos relacionados
Teorias da Imputação Penal Objetiva III: conceito jurídico-penal de imputação objetiva
Imputação objetiva no Direito Penal pátrio: pequenos apontamentos introdutórios veja mais
Por Karine Andréa Eloy Barbosa
Este artigo tem por finalidade uma breve abordagem sobre a teoria da imputação objetiva, que tem se difundido bastante em várias partes do mundo, recebendo de alguns, aplausos e, de outros, críticas ferrenhas, sob o argumento de que esta teoria nada inovou, representando, na verdade, um apanhado geral das outras teorias que tratam sobre o tipo penal.

Para atingir o escopo deste trabalho, será abordado o conceito de crime de forma bastante breve, passando ainda pelas teorias da ação mais conhecida, até chegarmos à teoria da imputação objetiva proposta pelo funcionalismo, principal desiderato deste trabalho.

O Direito Penal é uma das ciências jurídicas de origem mais remota. Desde os primórdios, surgiu a necessidade de se coibir a prática dos acontecimentos que mais profundamente atingissem as pessoas da sociedade.

A função primordial desse ramo da ordem jurídica é a proteção dos bens jurídicos essenciais ao indivíduo e à comunidade, através da cominações de

Relacionados

  • TEORIA DA CAUSALIDADE ADEQUADA E IMPUTAÇÃO OBJETIVA
    3031 palavras | 13 páginas
  • Nexo
    1459 palavras | 6 páginas
  • Tipicidade penal
    1406 palavras | 6 páginas
  • Teorias funcionalistas do direito penal: Funcionalismo Teleológico (Roxin) X Funcionalismo Radical
    1551 palavras | 7 páginas
  • Teoria do crime
    2490 palavras | 10 páginas
  • Formas especiais de pagamento no direito das obrigacoes
    3821 palavras | 16 páginas
  • Trabalho sobre responsabilidade civil: calúnia, injúria e difamação.
    8052 palavras | 33 páginas
  • Das formas indiretas de pagamento
    5585 palavras | 23 páginas