Teoria de Gatekeeper

2988 palavras 12 páginas
Alunos: Dayane Vieira ,Talita A. Arantes, Thamiris Prado, Lucas Zaraté
1º Ano – Rádio, TV e Internet

Teoria Gatekeeper

Disciplina: Teoria da comunicação Professora: Bianca Freitas

04 de Outubro
Lorena – SP 2012

Teoria Gatekeeper
O termo Gatekeeper significa “Guardião do portal”. Só por essa definição já podemos notar claramente que a teoria repousa sobre o processo de produção e seleção de notícias, partindo da ação pessoal do profissional da área: o jornalista. “Por essa teoria, só viram notícia aqueles acontecimentos que passam por um portão (gate). E quem decide isso é uma espécie de porteiro ou selecionador (o gatekeeper), que é o próprio jornalista”. O jornalista (gatekeeper) seria o responsável por dar continuidade ao tratamento do fato, transformando-o em notícia ou por retê-lo numa escolha pessoal, subjetiva e arbitrária. “Isso serve, isso não serve”. A teoria perdeu a força para os estudos da construção social da realidade.

A metáfora do gatekeeping surgiu a partir de uma comparação feita por Kurt Lewin acerca da escolha entre o que vai ou não para a mesa, sendo selecionado como alimento, e o que deve ser ou não considerado como notícia, vindo a ser incluído no mercado da comunicação.
Segundo pesquisas de David Manning WHITE que analisou a atividade de Mr.Gates, um jornalista de meia-idade que trabalhava para um jornal médio norte-americano.

Relacionados

  • Teorias de gauss
    1087 palavras | 5 páginas
  • Teoria de Imogene King
    9671 palavras | 39 páginas
  • Teorias de david ricardo
    1408 palavras | 6 páginas
  • Teoria de Sistemas e Teoria Contingencial
    1149 palavras | 5 páginas
  • As teorias de Piaget
    2948 palavras | 12 páginas
  • Teoria de sistemas
    3211 palavras | 13 páginas
  • Teoria de enfermagem-autocuidado
    2571 palavras | 11 páginas
  • Teoria de Pigou
    349 palavras | 2 páginas
  • Teorias de condicionamento
    2462 palavras | 10 páginas
  • Teoria de Filas
    3960 palavras | 16 páginas