Texto final do filme o ditador de charles chaplin

2093 palavras 9 páginas
Esse e discurso final do filme - O Ditador - de Charles Chaplin
Observe que á trechos do texto que remete a nossa atual realidade
Sinto muito, mas não quero ser um imperador. Não é esse o meu ofício. Não quero governar ou conquistar quem quer que seja. Gostaria apenas de ajudar: judeus, não judeus, negros ou brancos.
Todos nós desejamos ajudarmo-nos uns aos outros. São assim os seres humanos. Queremos viver para o bem do próximo e não para o seu infortúnio. Por que razão nos havemos de odiar e desprezar uns aos outros? Há espaço para todos neste mundo. A Terra, que é boa e rica, pode prover a todas as nossas necessidades.
O caminho da vida pode ser o da liberdade e da beleza! Porém, perdemo-nos. A cobiça envenenou a alma dos homens, fez erguerem-se no mundo as muralhas do ódio, e tem-nos feito marchar a passos largos para a miséria e para a morte. Criámos a era da velocidade, mas sentimo-nos aprisionados dentro dela. A Máquina, que produz abundância, tem-nos deixado na penúria. O nosso conhecimento, transformou-nos em cépticos; a nossa inteligência, fez-nos duros e cruéis. Pensamos muito e sentimos muito pouco. Muito mais do que de máquinas, precisamos de humanidade. Muito mais do que de inteligência, precisamos de afeto e de ternura. Sem essas virtudes, a vida será de violência e tudo estará perdido.

A aviação e a rádio aproximaram-nos mais. A sua própria natureza é um apelo eloquente à bondade do homem. Um apelo à fraternidade universal, à união de todos nós. Neste

Relacionados

  • Resenha crítica com base na leitura dos textos de émile durkheim e o filme tempos modernos
    1748 palavras | 7 páginas
  • Fichamento do texto: SOUSA, Charles Toniolo de. “A prática do assistente social: conhecimento, instrumentalidade e intervenção profissional”, Emancipação, Ponta Grossa, 2008.
    2399 palavras | 10 páginas
  • Relatório do filme Tempos Modernos, de Charles Chaplin
    301 palavras | 2 páginas
  • Resenha do texto de charles baudelaire
    1687 palavras | 7 páginas
  • Vida e Obra Charlie Chaplin
    3671 palavras | 15 páginas
  • Resumo do filme: O Garoto - Charles Chaplin
    888 palavras | 4 páginas
  • Análise do filme "A classe operária vai ao paraíso" com o texto "O Fordismo" de David Harvey
    432 palavras | 2 páginas
  • OS 4 PRICÍPIOS DE FREDERICK TAYLOR NO FILME TEMPOS MODERNOS DE CHARLIE CHAPLIN
    956 palavras | 4 páginas
  • Simulação de sentença final do filme uma prova de amor
    588 palavras | 3 páginas