Tipos de Crônica

1653 palavras 7 páginas
Tipos de Crônica
Exemplos dos tipos de crônica mais conhecidos

Crônica narrativa
Menor que um conto e maior que uma piada, a crônica narrativa conta um episódio cativante cuja trama é leve e digestiva, envolvendo muita ação, poucas personagens e uma conclusão inusitada.
Exemplo:
Choro, veia e cachaça.
Enterro de pobre sempre tem cachaça. É para ajudar a velar pelo falecido. Sabem como é; pobre só tem amigo pobre e, portanto, é preciso haver um incentivo qualquer para a turma subnutrida poder aguentar a noite inteira com o ar compungido que o extinto merece. Enfim, a cachacinha é inevitável, seja numa favela carioca, seja num bairro pobre da cidade do interior; Foi o que aconteceu agora em Ubá (MG), terra do grande Ari Barroso. Morreu lá um tal de 56 Nicolino, numa indigência que eu vou te contar; Segundo telegrama vindo de Ubá, alguns amigos de 58 Nicolino compraram um caixão e algumas garrafas de cangibrina, levando tudo para o velório. Passaram a noite velando o morto e entornando a cachaça. De manhã, na hora do enterro, fecharam o caixão e foram para o cemitério, num cortejo meio ziguezagueando e num compasso mais de rancho que de féretro. Mas — bem ou mal — lá chegaram, lá abri rata a cova e lá enterraram o caixão. Depois voltaram até a casa do mono, na esperança de ter sobrado alguma cachacinha no fundo da garrafa. Levaram, então, a maior espinafração da vizinha do pranteado 56 Nicolino. E que os bêbados fecharam o caixão, foram lá enterrar, mas esqueceram do

Relacionados

  • Tipos de suspensão
    898 palavras | 4 páginas
  • Doenças crônicas e homeopatia: evolução de um caso clínico
    2859 palavras | 12 páginas
  • Cronica de uma morte anunciada
    1451 palavras | 6 páginas
  • tipos de container
    2759 palavras | 12 páginas
  • Tipos de toráx,asculta...
    1848 palavras | 8 páginas
  • Para Gostar de Ler Cronicas 3
    10031 palavras | 41 páginas
  • Tipos de generos textuais
    5739 palavras | 23 páginas
  • TIPOS DE POEIRAS
    1381 palavras | 6 páginas
  • Crônicas de Rubem Braga
    14863 palavras | 60 páginas