Toyotismo no brasil - resenho sobre o livro

283 palavras 2 páginas
RESENHA CRÍTICA

OLIVEIRA, Eurenice de; Toyotismo no Brasil: Desencantamento da fábrica, envolvimento e resistência. Ed. Expressão Popular, 2004. 184 pag.

1. Apresentação da autora da obra.

Eurenice de Oliveira; Doutorada em filosofia e ciências humanas (2002) pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), professora mestre de Ciências Humanas na UNICAMP, pesquisadora das relações humanas e trabalhistas históricas entre patrões x empregados.

2. Conteúdo do Livro.

Nesta obra a autora faz uma análise critica ao Toyotismo, em especial no Brasil, passando pelas primeiras empresas a adotar técnicas de gestão do Sistema Toyota de Produção em meados dos anos 90 à chegada e implantação da Fabrica Toyota Motors no final da mesma década em nosso país.

A autora aborda o tema sob uma ótica sócio-cultural, mostrando a resistência oferecida pelos trabalhadores, as particularidades culturais, e o auto grau de disciplina e comprometimento exigidos no Toyotismo.

Uma outra vertente amplamente explorada pela autora é a de cunho sindical,uma vez que o Toyotismo esta embasado na melhoria continua de processos, levando assim sempre os trabalhadores nos seus limites de comprometimento e produtividade.

O primeiro capitulo trás um resumo da origens do Toyotismo na metade do século XX no período pós-guerra no Japão.

No segundo capitulo autora trata da adoção de processos de trabalho originários do Toyotismo no Brasil a partir de meados

Relacionados

  • TRABALHO SOBRE O LIVRO
    5786 palavras | 24 páginas
  • Breve análise sobre o toyotismo: modelo japonês de produção
    1691 palavras | 7 páginas
  • Trabalho sobre o livro "madame bovary"
    8870 palavras | 36 páginas
  • Trabalho sobre o livro a moreninha
    1156 palavras | 5 páginas
  • Perguntas sobre o livro a moreninha
    333 palavras | 2 páginas
  • Algumas considerações sobre o livro de maldidier
    902 palavras | 4 páginas
  • Fichamento Livro: O que faz o brasil, Brasil? Roberto DaMatta
    2583 palavras | 11 páginas
  • SOBRE O LIVRO DE JEREMIAS
    2338 palavras | 10 páginas