Trabalho de patologia(embolia)

2632 palavras 11 páginas
EMBOLIA

Embolia consiste na existência de um corpo sólido, líquido ou gasoso (êmbolo) transportado pelo sangue e capaz de obstruir um vaso; a obstrução ocorre geralmente após uma ramificação, quando ao diâmetro vascular fica menor do que o do êmbolo. Os êmbolos se originam de trombos (tromboembolia); menos comente são formados por fragmentos de placas ateromatosas, vesículas lipídicas ou bolhas de gases. Êmbolos originados de trombos venosos (exceto no sistema porta) são elevados aos pulmões; trombos arteriais (coração ou grandes artérias) dão êmbolos que se dirigem á grande circulação e se alojam principalmente no cérebro, intestinos, rins, baço, e membros inferiores. (Bogliolo patologia 7ª edição p.108-109)

Toda via, a menos
…exibir mais conteúdo…
Nessa situação, um êmbolo no átrio direito pode passar á circulação arterial sistêmica, condição essa conhecida como embolia paradoxal. (Bogliolo patologia 7ª edição p.109-110)

TROMBOEMBOLIA ARTERIAL

Os êmbolos se originam de trombos formados no coração (infarto do miocárdio, fibrilação atrial, doença de chagas, dilatação, aneurismas do ventrículo esquerdo, lesão de valvas cardíacas) ou na aorta, sobretudo em aneurismas ou sobre placas ateromatosas. As principais sedes de obstrução vascular na embolia arterial são: (1) encéfalo, gerando acidente vascular cerebral isquêmico;(2) artérias mesentéricas, podendo provocar infarto intestinal , muitas vezes fatal; (3) baço ou rins, resultando em infartos geralmente desprovidos de conseqüências sérias para o paciente; (4) membros inferiores, provocando isquemia e dor; se a obstrução não é desfeita, surge necrose nas extremidades, podendo comprometer grande parte do membro afetado. (Bogliolo patologia 7ª edição p.110)

Os principais locais para embolização arteriolar são extremidades inferiores (75%) e o cérebro (10%), com os intestinos, os rins, o pâncreas e as extremidades superiores envolvidas numa menor extensão. As conseqüências dos êmbolos dos êmbolos sistêmicos dependem da extensão do aporte vascular colateral no tecido afetado, a vulnerabilidade do tecido á isquemia e o calibre do vaso ocluído; em geral, os êmbolos arteriais causam infarto dos tecidos a jusante dos vasos obstruídos. (Robbins e

Relacionados

  • Embolia
    5213 palavras | 21 páginas
  • Disturbios da Circulação
    5031 palavras | 21 páginas
  • Patologia
    3527 palavras | 15 páginas
  • Clinica cirurgica
    998 palavras | 4 páginas
  • Fisiopatologia da Trombose
    5517 palavras | 23 páginas
  • Infecções puerperais
    879 palavras | 4 páginas
  • Acidente Vascular Encefálico - AVE
    5741 palavras | 23 páginas
  • Efeitos fisiológicos da variação de pressão
    10393 palavras | 42 páginas
  • Icc – insuficiência cardíaca congestiva
    2508 palavras | 11 páginas
  • Enfermagem
    6621 palavras | 27 páginas