Trabalho praça publica

2106 palavras 9 páginas
Conceito e destino das praças publicas: Qualquer espaço publico livre de edificações e que propicie convivência e recreação para seus usuários. A típica praça se caracteriza, por ser bastante ocupada por vegetação e arborização. Quando ela recebe um maior tratamento, ou quando foi resultado de um projeto, ela também costuma possuir equipamentos recreativos e contemplativos (como playgrounds, recantos para estar, equipamentos para ginástica e cooper, bancos e mesa). Para as grandes cidades um recanto onde o cidadão pode ter contato com a natureza, tendo como seu principal objetivo ser um espaço para convivência familiar e social. …exibir mais conteúdo…

Vejo dos Srs. Prefeitos boa vontade na solução, mas existe um espaço entre a eficiência e a eficácia nas ações para a solução do problema Precisamos criar Leis Sociais tanto para governar quanto para os governados è o direito e o dever. Ninguém tem o direito de promover desordem em praça pública (defecar, urinar estragar jardins, jogar lixo em espaços públicos), a de se falar também em crime de mendicância, pois o cidadão denuncia, mas não representa.

14 de outubro de 2011 às 21h45 | Sandra disse:
Existe no meio dos andarilhos, muitos jovens que tem residência aqui na cidade, mas preferem andar na rua, pedindo esmolas, pra poder usar drogas à vontade, sem ninguém pegando no pé. Vê se algum deles quer trabalhar???? Claro que não, por isso não querem ir na casa transitória, não são moradores de outra cidade.

http://www.ovale.com.br/mobile/regi-o/moradores-de-rua-rejeitam-ajuda-social-1.134057?comments=20

Moradores de rua rejeitam ajuda social

Mesmo com projetos sociais da Prefeitura de São José, moradores de rua continuam ocupando as praças da região central.

A prefeitura oferece o projeto Bolsa Qualificação, em que o morador de rua trabalha em departamentos públicos e recebe uma remuneração mensal de R$ 516, mais vale-transporte e alimentação, e o projeto Renda Mínima, que concede um

Relacionados