Trablho

813 palavras 4 páginas
Caracter exclusivo e racista do tráfico praticado pelos europeus
A partir do século XV, o tráfico de escravos mobilizou todas as nações europeias que controlavam o fluxo internacional de escravos, recebendo por isso avultadas verbas de acordo com o numero de escravos que exportavam. O escravo perdia a liberdade, aceitando a sua nova condição nacional e eliminando as relações de parintescos nas quais tinha sido entegrado e que até esse momento haviam determinando a sua vida. O escravo era, pois, brutalmente afastado da sua nação, da sua ecologia, dos seus espíritos e, sobretudo, do seu parintesco. Esta nova condição era imposta todos os dias, sendo o escravo obrigado, sob pena de morte, a aprender as novas regras, as novas línguas e até
…exibir mais conteúdo…
No porto marítimo, antes do embarque, eram novamente marcados no peito com as armas do rei e da nação de quem ficavam vassalos. A sua própria configuração física era assim profundamente alterada. As marcas a fogo eram tidas como purificadores e agiam como uma borracha que apagava o passado, considerando-o nulo e indicando a nova situação daqueles que eram africanos escravos dos brancos, primeiro distinados ao comércio nengreiro e depois confiados aos

Relacionados

  • tcc trablho desmilitarizar
    1441 palavras | 6 páginas
  • Trablho da faculdade
    973 palavras | 4 páginas
  • Contestação dario
    993 palavras | 4 páginas
  • Configurat bullet 2.4 ghz como ap
    1322 palavras | 6 páginas
  • Direito do trabalho mocambicano
    1337 palavras | 6 páginas
  • Administração Empresarial
    1538 palavras | 7 páginas
  • Resumo do livro o que é informatica
    1633 palavras | 7 páginas