Transtornos Dissociativos (Psicopatologia)

3985 palavras 16 páginas
1

TRANSTORNOS DISSOCIATIVOS

2

Dissociação => em química e bioquímica é o processo em que os compostos iônicos tem seus íons separados.
DISSOCIAÇÃO – (PSICOLOGIA) => é um estado agudo de descompensação mental, no qual certos pensamentos, emoções, sensação e/ou memórias são ocultadas, por serem muito chocantes pra a mente consciente integrar.

3

TRANSTORNOS DISSOCIATIVOS
– “F44” (CID 10)

Definição:
O próprio termo "dissociação" pode ser entendido de diversas formas e dar margem a múltiplas interpretações, dependendo do contexto de seu uso. Não há definição única, simples e coerente capaz de obter o consenso dos pesquisadores da área. 4

TRANSTORNOS
DISSOCIATIVOS
Para explicar estados alterados consciência como amnésia e fuga:

Janet

de

postulou que as lembranças do trauma persistem como ideias fixas relativamente não-assumidas e que servem de foco para o desenvolvimento desses estados.
Ele sugeriu que, específicas, as energias nervosas que mantém as funções mentais unidas poderiam ser suficientemente reduzidas, de forma que certas funções escapariam ao controle central, um processo que ele chamou de DISSOCIAÇÃO.

5

FREUD, por outro lado, postulou o conceito de repressão, um banimento ATIVO de certos conteúdos mentais da consciência para o domínio do inconsciente. Embora esses sentimentos inaceitáveis tenham permanecido fora da
CONSCIÊNCIA, eles continuaram a ser ativos na mente
INCONSCIENTE, ressurgindo

Relacionados

  • Psicopatologia e Semiologia dos Transtornos Mentais Cap 19
    3026 palavras | 13 páginas
  • “Psicopatologia e Semiologia dos Transtornos Mentais”de Paulo Dalgalarrondo.
    1381 palavras | 6 páginas
  • Psicopatologia
    2133 palavras | 9 páginas
  • IMPUTABILIDADE, SEMI-IMPUTABILIDADE E INIMPUTABILIDADE; INCAPACIDADE RELATIVA E PLENA, PSICOPATOLOGIAS
    6704 palavras | 27 páginas
  • Resumo psicopatologia e semiologia dos transtornos mentais - paulo dalgalarrondo
    5882 palavras | 24 páginas
  • Psicopatologia
    1719 palavras | 7 páginas
  • Psicopatologia
    2737 palavras | 11 páginas
  • PSICOPATOLOGIA E SEMIOLOGIA DOS TRANSTORNOS MENTAIS cap. 10 e 11
    1777 palavras | 8 páginas