UMA REVISÃO SOBRE ESTRESSE E O TRABALHO DA EQUIPE DE ENFERMAGEM NA UTI

7265 palavras 30 páginas
Uma revisão sobre Estresse e o trabalho da equipe de Enfermagem na UTI

OLIVEIRA, Marilene Elvira de Faria¹

RESUMO

O estresse é a interação entre o homem e o ambiente sendo esta complexa e que coloque em risco o bem-estar do sujeito. As causas do estresse se dão pelos agentes estressores de natureza física, psicológica, biológica e química. Há quatro fases do estresse: alerta, resistência, quase-exaustão e exaustão, respectivamente. O estresse causado pelo trabalho ocorre devido aos agentes estressores originados das atividades profissionais, prejudicando a saúde do profissional. A UTI (Unidade de Terapia Intensiva) é um setor fechado do hospital onde a equipe de enfermagem presta cuidados à pacientes com quadro clínico grave podendo evoluir para óbito; convivendo diariamente com situações perplexas. Esta revisão bibliográfica teve como objetivo principal verificar se as atividades laborais desenvolvidas pela equipe de enfermagem que trabalham na UTI são causadoras de estresse. Também pretendeu identificar e conhecer os agentes estressores; analisar a repercussão do estresse na saúde desses trabalhadores. Após a aplicação dos critérios de inclusão, exclusão, leitura exploratória dos artigos; foram selecionados 10 trabalhos científicos; encontrados em bibliotecas virtuais. Dentre os resultados observou-se que esses profissionais encontram-se em nível médio de estresse e as principais causas do mesmo são: administração de pessoal, condições de trabalho,

Relacionados

  • Qualidade de vida dos profissionais de enfermagem com dupla jornada da unidade de terapia intensiva
    16516 palavras | 67 páginas
  • Uti segura: avaliação da qualidade da assistência de enfermagem relacionada à segurança do paciente
    3878 palavras | 16 páginas
  • A importância da higiene nasal para pacientes usuários de sondas nasoentérica e nasogástrica em ventilação mecânica
    7342 palavras | 30 páginas
  • Sistematização da assistência de enfermagem em nefrologia: ação educativa para enfermeiros
    2045 palavras | 9 páginas
  • A pele do recém-nascido prematuro
    5159 palavras | 21 páginas
  • Prematuridade
    3466 palavras | 14 páginas
  • A importância da enfermagem no controle de infecção hospitalar
    6765 palavras | 28 páginas
  • O uso do balão de contrapulsação da aorta: proposta de um plano assistencial
    3562 palavras | 15 páginas
  • Tcc diagnósticos e intervenções de enfermagem no processo de hemodiálise
    8210 palavras | 33 páginas
  • PÓS TRANSPLANTE RENAL
    5139 palavras | 21 páginas