Uma senhora machado de Assis

958 palavras 4 páginas
Uma Senhora (Conto), de Machado de Assis
No conto Uma Senhora, o autor, Machado de Assis, conta as dificuldades de uma jovem mulher, dona Camila, de aceitar a velhice, mostrando as artimanhas que faz, de maneira inconsciente, para evitar que a filha case, vendo só defeitos nos pretendentes. Até que, por fim, sem outro remédio, verga-se às imposições da vida, assumindo-se como avó enlevada.

Vale notar que D. Camila procurou atrasar ao máximo o amadurecimento da filha, tratando-a como criança e vestindo-a como menina até o momento em que não lhe foi mais possível.

No conto Uma Senhora, Machado de Assis espicaça os românticos e seus clichês quando descreve dona Camila: (...) os braços, que eu não digo que eram os da Vênus de Milo,
…exibir mais conteúdo…
Já em relação ao espaço este aparece de forma sutil, e embora o contista não lhe de muita importância pôde se perceber que a personagem vive em contexto social onde participava de festas e também as dava. O ambiente doméstico, embora tradicional é regado por paixão, inveja e temores.

O titulo é um problema lingüístico na narrativa, pois traz uma possível indagação de qual "senhora" o narrador estaria falando, já que, este substantivo sugere uma mulher de idade mais avançada e madura; e embora a mãe tivesse mais idade, a filha, todavia, é quem tinha trejeitos para tal. Machado, com muita delicadeza, deixa a dúvida no ar.

A análise dos nomes também é de suam importância, já que, de algum modo representa as personagens, vejamos em Camila temos : " ...associa a uma jovem e linda [...] indica uma pessoa que é competente porque executa suas tarefas com amor..." Poderíamos aqui questionar o nome da personagem, pois sabíamos que ela era linda e amava sua família, mas ao vermos o nome da filha Ernestina, que seria a antagonista, temos : " aquele que combate". Através dessa comparação pode-se perceber que os nomes poderiam estar trocados, pois a "combatente" seria D. Camila, que além de lutar contra o tempo, também existe o embate com a juventude da filha, e mesmo a jovem com toda frescor e beleza dos anos, ainda assim, a beleza da mãe a superava.

A narrativa que apresenta D. Camila aos 29 anos e a filha Ernestina aos 15, trata das questões do tempo em

Relacionados

  • O Realismo Psicológico de Machado de Assis
    892 palavras | 4 páginas
  • A CONSTRUÇÃO DA IDENTIDADE DAS PERSONAGENS NEGRAS DOS CONTOS “O CASO DA VARA” E “NEGRINHA”
    1490 palavras | 6 páginas
  • Analise do conto um apologo
    1362 palavras | 6 páginas
  • Análise do conto o caso da vara
    1154 palavras | 5 páginas
  • Análise, o espelho de machado de assis
    986 palavras | 4 páginas
  • memorias postumas de bras cubas
    1493 palavras | 7 páginas
  • Missa do galo resumo
    878 palavras | 4 páginas
  • Missa do Galo: Análise
    3885 palavras | 16 páginas
  • A cartomante: uma abordagem alítica e uma leitura do destino e do misticismo na obra machadiana
    1939 palavras | 8 páginas
  • Mulheres machadianas
    3166 palavras | 13 páginas